Breve glossário twittesco atualizado: hashtag, Plínio de Arruda e outros

Maria Frô
Por Maria Frô agosto 6, 2010 14:04 Atualizado

Caríssimos, no post anterior, texto da Conceição Lemes sobre o encontro dos blogueiros, utilizei a expressão #CORRÃO! acompanhada do jogo da velha #. Alguns leitores e amigos sem intimidade com o twitter estranharam.

Para qualquer termo usado na mensagem do twitter precedido pelo jogo da velha (#) chamamos de hashtag. Tag em inglês significa etiqueta; hash é segmentar. A hashtag serve para destacar algo em sua mensagem no twitter, identificando entre milhões de mensagens um assunto específico. Por meio dela podemos  pesquisar temas no twitter. Quando um assunto é comentado por muitos twitteiros pode parar no Trending Topics (TT), uma espécie de lista dos assuntos mais falados no twitter (mas que pode ser manipulado).

Abaixo, relaciono algumas hashtags made in Brazil, pois brincam com a língua portuguesa, sem se preocuparem com a norma culta*.

#CORRÃO, escrito assim, como fiz no post anterior, é uma hashtag do twitter. Os twitteiros quando querem exagerar a urgência, chamar a atenção para algo imperdível, usam o termo propositadamente grafado de modo incorreto. :)

Há dezenas de outras formas de brincar com a língua portuguesa no twitter, assim não estranhem se virem:

#rilitros ou #rindolitros (para destacar que a pessoa se divertiu com algo);

#aloka (para se referir a algo que fizemos de modo inconsequente);

#comofas (como faz?); #sidivirtu (eu me divirto); #Gemza (Gente!); #meldelz (Meu Deus!), #jezuis (Jesus!) #creduincruiz (Credo em cruz), #ficadika (Fica a dica) #tkx (Thanks);

#putafaltadesacanagem: a história desta hashtag é longa. Nasceu dos fãs adolescentes de uma banda adolescente chamada Restart. Os fãs se autodenominam “Família Restart” e num dado show, depois de longas horas na fila, não conseguiram entrar. Uma das fãs, em entrevista para o site da uol, criou a expressão: “Acho uma puta falta de sacanagem”. Depois disso a expressão é usada de modo engraçado para relatar situações  constrangedoras.

Várias hashtags migraram do mundo gay para a rede social do Twitter. Uma que adoro é a expressão “toda trabalhada” que é usada das formas mais variadas possíveis. Exemplo: ontem para falar do quanto é bom tomar chá quente em noite fria usei algo como: “Toda trabalhada em um chá quentinho”, e de pronto @nideoliveira71 respondeu: ##JosephClimberFeelings (em referência ao personagem de Welder Rodrigues da Companhia de Comédia Os melhores do Mundo).

Em mentes twitteiras a palavra em inglês #feelings é uma brincadeira à parte.

Certa vez Xuxa Meneghel brigou com os twitteiros, porque sua filha, Sasha, escreveu uma mensagem errada pela sua conta de twitter o que bastou para os twitteiros brincarem com a celebridade. Xuxa tentou se explicar. Disse que Sasha foi alfabetizada em inglês e que por isso cometia erros ortográficos ao escrever em português. A explicação gerou ainda mais piadas dos twitteiros. Então, Xuxa encerrou sua conta no twitter no twitter com a seguinte mensagem: “Fui, vocês não merecem falar comigo nem com meu anjo”. Depois disso, os twitteiros passaram a adotar o #xuxafeelings para brincar em situações de desagrado ou suposto desagrado. E todas as vezes que twitteiro quer expressar sentimentos seus ou de outros usa o termo acompanhado pelo feelings.

Portanto, não estranhe se sair com um/uma amigo/a  e ouvir algum termo ‘esquisito’ entre os citados anteriormente. Ele/ela possivelmente vai te pedir seu perfil no twitter ao invés do telefone. Abra sua conta e passe-lhe o seu @ (arroba).

Abraços:  @maria_fro

Em tempo: o debate eleitoral de ontem a noite na #band foi muito mais animado que o debate em si.

Várias hashtags pipocavam no twitter: ‘Dilma toda trabalhada no colar de pérolas’; a tentativa de Serra de emocionar os leitores fazendo referência à filha ao final do debate foi definida por uma twitteira como Serra atacando de #lulafeelings. Aliás, Dilma, Marina e Plínio foram parar no TT Mundial. Plínio Arruda Sampaio, 80 anos, recentemente virou um twitteiro e bem divertido. Ontem, durante o debate, seu nome chegou em 1º lugar no TT mundial.

*Atualização 18/08: Depois de ler o post, vá brincar um pouco de tiopestranslator. Ah! você não sabe o que é tiopês? Seus problemas acabaram! O @cesaraovivo e @ALuizCosta deram umas boas dicas, aprenda aqui, aqui, aqui e aqui

Eu mesma só hoje descobri que escrevo em tiopês, aqui. :)

Comentários

Comentários

Maria Frô
Por Maria Frô agosto 6, 2010 14:04 Atualizado
Escrever um comentário

32 Comentários

  1. Márcio Carlomagno agosto 6, 14:31

    É emblemático ver Plínio falar, no YouTube, sobre o Twitter. Um candidato que poderia ter tudo para ser o mais “parado no tempo” sendo talvez o mais moderno, não apenas em forma e meios de comunicação, mas em idéias, como em relação ao aborto, casamento gay e descriminalização das drogas.

    Reply to this comment
  2. Renata A. agosto 6, 14:44

    Hahaha o mais divertido é que grande parte são gírias gays! Muita gente não deve estar familizariada mesmo. :)

    Reply to this comment
  3. Hélio Sassen Paz agosto 13, 18:32

    Só um detalhezinho: a sintaxe da esmagadora maioria das linguagems de programação é em inglês dos EUA. Portanto, não se pode usar caracteres diferentes de letras, números e do underline (_).

    Um grande equívoco corrente entre os tuiteiros (ou twitteiros) que tuítam (ou twittam) do Brasil é o de acentuar as hashtags…

    Uma hashtag com acento fica cortada. P. ex.: #corrão = #corr, pois o ã não é linkável (ou vinculável) e o o vira uma letra/palavra solta, pois o ã será interpretado como um espaço (caractere que as hashtags não aceitam).

    No mais, sem ser chato nem purista, apesar das brincadeiras tais como #meldelz e outras, nunca vi sentido em escrever #comofas ao invés de #comofaz .

    Pra terminar: tanto os @nicknames como as #hashtags , se necessário pôr pontuação antes ou após um, outro ou ambos, é preciso pôr os acentos ou diacríticos com um espaço antes e/ou um depois e não diretamente grudados a eles. P. ex.: ( @maria_fro ) e não (@maria_fro) ou @maria_fro , e não @maria_fro.

    A gente perde um monte de hashtags que poderiam virar TT ou os nicks se transformam em algo que não existe por um caractere a mais ou a menos em uma posição desfavorável! ;)

    Até o #blogprog ! :)

    Besos,
    Hélio

    Reply to this comment
  4. Hélio Sassen Paz agosto 13, 18:33

    Faltou um detalhezinho:

    #ficosepia , #corrao … Dá p/escrever em maiúsculas e c/números, se quiser. Mas com acento, embora percamos o portugu6es correto, perdemos a hashtag completa… ;)

    Besos,
    Hélio

    Reply to this comment
  5. Igor M. agosto 18, 21:38

    O feelings é alusivo aos devaneios do perfil fake do Vitor Fasano no Twitter, referindo-se às sensações de algo, alguém ou alguma coisa. =p nada a ver com Xuxa e tal.

    No mais, tá bem didático de entender. =)

    =*

    Reply to this comment
Visualizar Comentários

Escrever um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios estão marcados com*

ajude a manter o Maria Frô!

BANCO: CEF, nº 104
AGÊNCIA:  4138
OP: 013 (para depósitos feito entre a própria CEF)
CONTA : 24110-9

Fórum Semanal

Publicidade

Publicidade





Publicidade





Publicidade





Seja amigo do Barão

Seja amigo do Barão

Posts

agosto 2010
D S T Q Q S S
« jul   set »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031