Será que finalmente Bolsonaro será punido?

Maria Frô
Por Maria Frô março 29, 2011 18:09 Atualizado

Primeiro os deputados Brizola Neto e Jean Willys entraram com representação contra Jair Bolsonaro por suas expressões racistas e homofóbicas e de ataque aos direitos humanos e à pessoa da presidenta da República, agora a OAB RJ também tomará atitude. Bolsonaro faz escola dentro de casa, sua postura e propostas grotescas encontram eco em seus filhos que também seguiram carreira política, veja, por exemplo, a proposta do vereador Carlos Bolsonaro como solução à ‘explosão da população de moradores de rua’: esterilizá-los!) Será que finalmente veremos esta figura sem decoro ter alguma punição?

E quanto à rede Bandeirantes, uma tevê aberta, concessão pública, que põe um sujeito que incita ódio contra negros, homossexuais, defende a tortura, desrespeita a pessoa e a figura da presidenta da República, faz troça de políticas públicas como as cotas nas universidades? Qual a responsabilidade das tevês abertas? Elas podem fazer o que desejarem, desrespeitando a Constituição?

QUEBRA DE DECORO

OAB pedirá cassação de Jair Bolsonaro por declarações homofóbicas

Da Redação, Ultima Instância

29/03/2011

O presidente da OAB-RJ (Ordem dos Advogados do Brasil do Rio de Janeiro) afirmou que pedirá a cassação do deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) após as declarações, consideradas racistas e homofóbicas, do parlamentar ao programa CQC, da TV Bandeirantes.

Na entrevista, veiculada na última segunda-feira (28/3), Bolsonaro disse que seus filhos não correm o risco de namorar uma mulher negra ou até mesmo virarem gays, pois “foram muito bem educados”. A resposta foi a uma pergunta da cantora Preta Gil, que já anunciou que processará o deputado por danos morais. Hoje, Bolsonaro disse que se referia ao comportamento da cantora, e não ao fato de ela ser negra.

“As declarações do deputado Jair Bolsonaro são inaceitavelmente ofensivas, pois têm um cunho racista e homofóbico, incompatível com as melhores tradições parlamentares brasileiras”, disse Wadih Damous, presidente da OAB-RJ.

A Ordem deve enviar representação à Corregedoria da Câmara dos Deputados para abertura de processo por quebra de decoro parlamentar contra o deputado. “O Congresso não merece ter em suas fileiras parlamentares que manifestam ódio a negros e gays”, afirmou Damous.

Ditadura

Em entrevista concedida hoje ao Terra Magazine, o deputado reafirmou suas posições e voltou a defender a ditadura militar. Bolsonaro criticou opositores do regime que dizem ter sido torturados pela repressão, incluindo a presidenta da República, Dilma Rousseff.

“A Dilma falou que tinha vivido 23 dias sob tortura e não falou nada. Eu não tenho o curso que eles tiveram em Cuba, na China e na Coreia do Norte sobre guerrilha tortura e terrorismo, mas se tivesse disposição para isso, em dez minutos a Dilma contaria até como ela nasceu”, disse o deputado.

Ele também repetiu críticas ao movimento de defesa dos direitos de homossexuais. “O homem é produto do meio, imagina se pega essa lei, permitindo que casais homossexuais adotem crianças? Vão fazer reserva de mercado para jovens garotos homossexuais. O filho vai crescer vendo a mãe bigoduda ou careca, o pai andando de calcinha ou a mãe de cueca”, concluiu Bolsonaro.

Confira o vídeo com a participação do deputado no programa CQC, da Band:

Comentários

Comentários

Maria Frô
Por Maria Frô março 29, 2011 18:09 Atualizado
Escrever um comentário

25 Comentários

  1. Gerson Carneiro março 29, 18:24

    O que esse babaca Jair Bolsonaro está fazendo como deputado? Para quê foi eleito?

    Aliás, tem um grupo de deputados federais que eu não sei para qual finalidade foram eleitos. A exemplo de Roberto Freire e Ronaldo Caiado que quando não estão envolvidos em picuinhas internas dos respectivos partidos e coligações, estão no twitter escrevendo bobagens a respeito do ex-presidente Lula ou da presidenta Dilma.

    É duro saber que somos nós quem sustentamos o Jair Bolsonaro; somos nós quem damos a ele vida mansa para proferir essas aberrações.

    E ainda que o Jair Bolsonaro for penalizado por esse episódio, sua vida mansa estará garantida pela farta aposentadoria. Por isso que esses indivíduos deitam e rolam, primeiro têm a certeza que não serão punidos, segundo porque se acaso houver punição, na pior das hipóteses as aposentadorias estarão garantidas, para não dizer que têm a certeza que voltarão na próxima eleição tal qual o Collor e tantos outros.

    Isso tem que acabar. Não pode mais continuar assi. Ultrapassou o limite do bom senso e da seriedade.

    Urge uma reforma política séria, que priorize o interesse público, e não o interesse dos partidos políticos e seus caciques.

    Reply to this comment
  2. Victor Farinelli março 29, 19:30

    Descobriram que o Bolsonaro é o Bolsonaro! Vão punir o cara? Tomara que sim, e tomara que aproveitem de descobrir que o Ustra é o Ustra, que os torturadores eram torturadores…

    Reply to this comment
  3. JOSILDA DE oLIVEIRA mUNIZ SOUZA março 29, 20:27

    QUEM SERÁ O DEUS DESSE INSANO? ´SEUS FAMILIARES DEVE SENTIR MUITA VERGONHA DESSE INSANO.POR ONDE ANDA OU ROLA O SEU CÉREBRO OU A SUA ERVILHINHA? GENTE! ISSO NÃO PODE PASSAR EM BRANCAS NUVENS E FICAR ASSIM…ESTOU ENOJADA. ESTOU COM ÂNSIA COM ESSE ABOMINÁVEL SER….

    Reply to this comment
  4. Guilherme Scalzilli abril 2, 14:41

    Hora de jogar o imbecil no xilindró

    Eis a oportunidade que faltava para nos livrarmos de Jair Bolsonaro. Seu afastamento da Câmara, apesar de perfeitamente justificável, não pode esgotar o caso. É necessário processá-lo e metê-lo atrás das grades. Simples assim.

    A esquerda, os movimentos sociais e a blogosfera não podem aceitar qualquer resposta vaga do Judiciário. Devem pressionar o Poder Público até que o cretino seja retirado de circulação para sempre. Acionemos a descarga sobre esses excrementos reacionários antes que eles conquistem a notoriedade que desejam.

    http://guilhermescalzilli.blogspot.com/

    Reply to this comment
  5. mateus felipe abril 2, 18:41

    Por enquanto ele vai ser “afastado”.Certa vez maquiavel disse em “o príncipe” que o povo tem memória curta e isso pode infelizmente ser aplicado até os nossos dias atuais.Infelizmente,eu espero que não,em 2014 quanto for haver novamente eleições para a câmara federal ele e muitos políticos que sujan a imagem do brasil serão reeleitos.

    Reply to this comment
Visualizar Comentários

Escrever um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios estão marcados com*

ajude a manter o Maria Frô!

BANCO: CEF, nº 104
AGÊNCIA:  4138
OP: 013 (para depósitos feito entre a própria CEF)
CONTA : 24110-9

Fórum Semanal

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Seja amigo do Barão

Seja amigo do Barão