Para expressar a liberdade

Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 2

Relato do deputado Brizola Neto sobre a votação do Código ‘Desflorestal’ e o cinismo da esquerda

maio 25th, 2011 by mariafro

Acho incrível deputados de partidos de esquerda, alguns com histórico e base no movimento social do MST terem votado SIM para o projeto de revisão do código Florestal de Aldo Rebelo, o deputado dos trangênicos, o deputado que defendeu os arrozeiros e foi contra os indígenas na Raposa Serra do Sol, o deputado que condenou o parecer do Conselho Nacional de Educação que combate racismo nas escolas e defendeu o uso de obra de conteúdo racista nas escolas sem notas.

Se Vacarezza, Paulo Teixeira, ambos do PT, são contrários a emenda 164 do PMDB (diga-se um partido da base aliada do governo), por que raios votaram SIM?

Se o governo do próprio PT, partido desses deputados, afirma ser contra a proposta de Aldo, por que raios vários deputados petistas e todos do PCdoB (base real do governo) e outros da base fisiológica do governo votaram SIM? Ou o governo não é contra coisa alguma, ou esses deputados se insubordinaram pra votar ao lado de ruralistas? Ou acham que somos todos débeis mentais e não enxergamos tanta contradição?

Como Brizola também acho que a moeda usada em troca da destruição de nossas reservas florestais foi a manutenção de Palocci no poder. Acho que os deputados de partidos supostamente de esquerda não precisavam tanto, a direita adora Palocci.

Curioso é que o governo não teve dificuldade alguma pra votar um salário mínimo arrochado, para cortar 50 bilhões do orçamento….

Fiquem com o relato de Brizola Neto.


Código, a votação decisiva. E a derrota é provável

Por Brizola Neto em seu blog

24/05/2011

Vamos para uma votação importante, que vai medir o quanto há de risco de que os vetos da Presidenta Dilma Rousseff aos absurdos contidos no novo Código Florestal correm o risco de serem derrubados na Câmara.

O acordo do Governo com o deputado Aldo Rabelo foi relativo ao artigo 8º, que recebeu uma emenda,que transfere parte do poder de licenciamento sobre o uso da terra que tenha impacto ambiental. E que, ainda pior, abre espaço para a anistia aos desmatadores.

Se essa emenda, a de número 164, for aprovada, será um desastre.

O relator do novo Código Ambiental, deputado Aldo Rebelo (PCdoB-SP), defendeu  a aprovação da emenda 164, apresentada pelo PMDB. A medida dá poder aos estados para definir política ambiental e trata de áreas utilizadas irregularmente em áreas de preservação permanente (APPs) em margens de rios.

Ou seja, liberou geral.

O líder do Governo, deputado Cândido Vacarezza, falou há pouco fazendo um apelo para que o acordo para votar o Código seja honrado. Duvido que seja. Desta vez, o voto não é com o Governo, mas ainda assim é difícil garantir a vitória.

Torçamos.

PS. Como estava previsto, perdemos. 287  votos a favor e 183 contra. Reflexo do caso Palocci, com certeza. PMDB “se achando”.

Leia também:

Governo, teu nome é contradição. Da Reuters: Dilma irrita-se com Código Florestal e promete veto

O dia que deputados petistas e do PCdoB votaram com esta gente: Ruralistas comemoram morte de extrativista com vaia

Saiba quem votou com Caiado a favor dos ruralistas latifundiários pró-desmatamento e contra o MST e ambientalistas

Greenpeace: Câmara aprova novo código desflorestal, está liberado desmatar

_________

Publicidade

Tags:   · · · · 7 Comments

Leave a Comment

7 responses so far ↓