O Globo não sabe quem é o prefeito de Goiânia ou não esteve na abertura do 52º Congresso da UNE?

Maria Frô
Por Maria Frô julho 16, 2011 15:24 Atualizado

No encontro do segundo blogprog nacional, em Brasília, uma jornalista da Folha perguntou a mim e outros blogueiros que estavam fumando do lado de fora do evento quem compunha uma das mesas no último dia do encontro. Ao menos a Folha enviou dois jornalistas em dois dias do encontro: na abertura e no encerramento.

Mas estou començando a achar que o Plantão da Globo não mandou nenhum jornalista para cobrir o 52º Encontro da UNE. Vejamos porque tal desconfiança surgiu:

1º observe a foto de Lula que foi destacada para ilustrar a matéria, dada no Plantão do Jornal O Globo, veja aqui: Congresso da UNE esvaziado do ponto de vista de quem, jornal O Globo? Ou a fixação da mídia por Lula, compare com a roupa que Lula vestia na abertura do Congresso.

2º O Título da matéria de O GloboPresença de Lula em Goiânia esvazia abertura do Congresso da UNE” não faz nenhum sentido quando vemos o vídeo (no post linkado acima) e as fotos do evento, observem:

A mesa de abertura tem um ex-presidente, um ministro de estado (da Educação, já que o encontro da UNE é de estudantes) e o prefeito da cidade que sedia o encontro.

Opa! Eu disse prefeito? Sim, prefeito. Alertada pela Paula Beiro neste comentário aqui, fui atrás de informações para confirmar o que ela disse.

Mas não é que o prefeito estava no encontro e até discursou?

Uai, Mas o Globo afirmou que o prefeito de Goiânia não foi ao evento! Recordemos:

“A presença do ex-presidente Lula na noite desta quarta-feira, em Goiânia, esvaziou a abertura do 52º Congresso Nacional da UNE na Câmara Municipal. Lula é considerado a estrela do evento nesta quinta, mas roubou a cena: nem o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), nem o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), apareceram no primeiro dia do encontro com os estudantes. Garcia recebeu Lula para um jantar e foi representado no ato pela secretária de Educação, Neide Aparecida. Já Perillo cancelou a agenda e foi representado pelo secretário Estadual de Educação, Thiago Peixoto. A mesa principal ficou vazia já que os convidados ilustres não foram.” (Presença de Lula em Goiânia esvazia abertura do Congresso da UNE, Plantão | Publicada em 13/07/2011 às 22h34m, Isonilda Souza, especial para O Globo (opais@oglobo.com.br)

Agora, explica-me O Globo, como um   Congresso com o ex-presidente mais popular da história do país, com o prefeito da cidade que sedia o evento, com  o ministro da Educação e cerca de 10 mil estudantes pode ser um Congresso esvaziado? Por que faltou o governador tucano de Goiás???????

Para não deixar dúvida, ponho mais uma foto do Prefeito de Goiânia discursando e reproduzo a matéria de site local que cita, inclusive, falas do discurso do prefeito Paulo Garcia (PT). Quem sabe assim da próxima vez os jornalistas de O Globo prestam mais atenção no evento que estão cobrindo, né?

EX-PRESIDENTE LULA E PAULO GARCIA PARTICIPAM DO 52º CONGRESSO DA UNE

Por: Anderson Costa no Prefeitura Goiânia

15/07/2011 | 08:40

Dez mil estudantes ouvem discurso de Lula na 1ª visita a Goiânia desde que passou a faixa presidencial para Dilma Rousseff. Prefeito Paulo Garcia dá boas-vindas aos turistas durante abertura do II Encontro Nacional do ProUni

“Há quanto tempo não faço um discursinho. Já estava com saudades”. Foi assim, em tom de humor, mas sempre destacando a importância da classe estudantil para o País, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva discursou durante a participação no 52º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE) e na abertura do II Encontro Nacional de do ProUni. Os dois eventos ocorrem em Goiânia até o próximo dia 17.

O ex-chefe do Executivo Nacional esteve acompanhado pelo prefeito Paulo Garcia que também participou do evento. O prefeito deu boas-vindas aos cerca de 10 mil estudantes de diferentes partes do País que estão na Capital para participar dos cinco dias de congresso. A solenidade de ontem foi comandada pelo presidente nacional da UNE, Augusto Chagas, e contou também com as participações do Ministro da Educação, Fernando Haddad, do presidente da Câmara Municipal, Iram Saraiva, do ex-ministro do Desenvolvimento Social, Luiz Dulci, do prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, do presidente nacional da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas, Ian Ivanovicht, além de deputados federais, estaduais, vereadores e lideranças estudantis.

Ao falar da satisfação e emoção em participar de mais um congresso da UNE, o ex-presidente Lula disse que até a última semana estava tudo certo para que ele viajasse ao Egito para falar a estudantes daquele país sobre democracia, mas que fez questão de adiar a viagem. “Como posso falar de democracia a estudantes de outro país, se tenho aqui no Brasil um dos encontros estudantis mais democráticos”, elogiou Lula.

Lula e o ministro Fernando Haddad, ao discursar, criticaram setores da imprensa que teriam chamado a atual direção da UNE de “chapa branca”. “São setores da sociedade que acham que a consciência de nossos estudantes pode ser comprada com qualquer patrocínio”, afirmou Haddad. O ex-presidente da República também criticou. “São setores da imprensa, que se dizem ‘nacionais’ e contestam o fato do Congresso ter patrocínio da Petrobrás, do Banco do Brasil. Mas os grandes telejornais e essa grande mídia que se diz ‘nacional’ contam com patrocínio de quem?”, indagou Lula de forma irônica.

Lula também criticou os setores da elite que, segundo ele, não estão acostumados com o aumento do poder aquisitivo da população mais carente e a ascensão social de grupos até então excluídos. “São setores que acham que os filhos dos trabalhadores devem no máximo chegar ao segundo grau, que filho de pobre não tem direito de cursar medicina. São setores que não estão acostumados com 14 milhões de pessoas fora da linha da pobreza extrema”, exclamou Lula.

Boas-vindas
O prefeito Paulo Garcia, ao dar boas-vindas aos participantes do Congresso da UNE, fez questão de manifestar a emoção de receber em Goiânia o maior e mais tradicional encontro estudantil do País e de receber o ex-presidente Lula, homem que, segundo ele, mudou o Brasil. “Goiânia vive uma felicidade muito grande em receber dois grandes eventos importantes ligados à educação: o 52º Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE) e a 63ª Encontro da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC). E eu vivo uma felicidade particular por ter recebido em minha casa o homem que, para mim, mudou o Brasil, e para muito melhor. Para mim é uma emoção incomparável.”

Na noite de quarta-feira, o prefeito Paulo Garcia ofereceu um jantar ao ex-presidente Lula durante a transmissão do jogo da Seleção Brasileira na Copa América. Ao destacar o papel dos estudantes nas lutas políticas, Paulo Garcia afirmou que a UNE representa a legítima participação popular no País.

UNE
Augusto Chagas, presidente da UNE, em discurso, lembrou que o 52º Congresso da entidade encerra mais um ciclo importante de lutas da classe estudantil e que ficará marcado por ter reunido mais de 1,5 milhão de estudantes universitários que elegeram representantes para participar do evento, trazendo a Goiânia representantes de 97% das instituições de ensino superior do País. “Um ciclo de muito trabalho principalmente pela destinação de mais verbas para a educação e a criação do novo Fies (Financiamento Estudantil do Governo Federal), garantido o ingresso no ensino superior a milhões filhos de trabalhadores, uma bandeira de luta da UNE que surgiu com a fundação há 74 anos.”

O líder estudantil fez questão de destacar a abertura do dialogo democrático oferecida durante o governo Lula, não só à classe estudantil, mas a outros segmentos da sociedade brasileira. “Sua presença em mais Congresso da UNE mostra mais uma vez o reconhecimento pela opinião estudantil deste País”, disse Agusto Chagas.

Momento de emoção
Um momento que chamou a atenção do público e autoridades presentes, pela simbologia, foi a participação da estudante de medicina Vanessa Castilho. Filha de pedreiro e uma dona de casa, a estudante universitária, que cursa hoje o quarto ano de medicina, foi uma das primeiras beneficiadas pelo Programa Universidade para Todos do Governo Federal, o ProUni.

Em nome dos 863 mil estudantes de baixar renda que já foram atendidos pelo Programa do Governo Federal, Vanessa leu uma carta de agradecimento ao ex-presidente Lula. “O ProUni, criado em seu governo, mostrou que mérito é diferente de renda e que os filhos dos pobres tem sim capacidade de frequentar o ensino superior e construir efetivamente um País melhor,” leu a estudante. Mesmo sendo um documento de homenagem pelo benefícios do ProUni, a carta lida pela estudante também trazia propostas importantes para melhoria do programa e a democratização do acesso ao ensino superior, entre elas: criação de políticas afirmativas para a permanência dos estudantes de baixa renda na universidades; democratização do ensino superior para os pobres, negros e índios; e mais investimentos para a pesquisa em ciência e tecnologia.

Ministro
“Duplicar o número de vagas nas universidades federais, criar mais de 1 milhão de vagas de ensino superior por meio do ProUni e do Fundo Nacional de Educação; aprovar o piso nacional do magistério; e a construção de 214 escolas técnicas federais, o que uma vez e meia a mais do que foi feito em governos anteriores”. Para o ministro da Educação, Fernando Haddad, estas e outras ações integram a receita usada pelo Governo Lula para o resgate da educação brasileira, promovido nos últimos oito anos.

Ações e programas que segundo ele serão todos mantidos e ampliados no atual governo da presidente Dilma. Ele destacou que a participação de um ministro da educação em um Congresso da UNE representa a efetiva abertura do diálogo democrático, sem comprometimento da independência política da instituição, promovido pelo governo Lula.

____________
Publicidade

Comentários

Comentários

Maria Frô
Por Maria Frô julho 16, 2011 15:24 Atualizado
Escrever um comentário

4 Comentários

  1. Jucka Anchieta julho 16, 15:31

    vai entender, ou melhor, já entendi!

    @JuckaAnchieta

    Reply to this comment
  2. Leider Lincoln da Silva Só julho 17, 09:15

    O Globo é simplesmente ridículo e quem ainda compra este substituto imperfeito de papel higiênico ou é do mesmo naipe do jornal ou uma criatura bastante patética…

    Reply to this comment
  3. Vanessa Castilho julho 18, 16:48

    Incrível como uma matéria pode ser manipulada de acordo com interesses. Eu estava lá!!!!
    Parabéns O Globo, exemplo de “desinformação” .

    Reply to this comment
Visualizar Comentários

Escrever um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios estão marcados com*

ajude a manter o Maria Frô!

BANCO: CEF, nº 104
AGÊNCIA:  4138
OP: 013 (para depósitos feito entre a própria CEF)
CONTA : 24110-9

Fórum Semanal

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Seja amigo do Barão

Seja amigo do Barão

Posts

julho 2011
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31