Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 2

Bob Fernandes: PSDB se alia com o PR que denunciou por corrupção

junho 7th, 2012 by mariafro

Comentário de Bob Fernandes

06/06/2012
Há 11 meses PSDB e DEM protocolaram na Procuradoria-Geral da República um pedido para investigar corrupção no Ministério dos Transportes. Entre os citados, o então ministro Alfredo Nascimento e o deputado Valdemar Costa Neto. Ambos do PR. Há dois dias, o PSDB de José Serra selou aliança com o mesmo PR do mesmo Valdemar Costa Neto. E com a presença do mesmo ex-ministro Alfredo Nascimento na cerimônia do acordo.

O governador Perillo, do PSDB de Goiás, está cada dia mais enroscado na CPI Cachoeira/Demóstenes. A ponto do líder do PSDB, Alvaro Dias, dizer que “Perillo vai esclarecer a compra da casa”, mas “já foi atingido”. Na fila da CPI, outro enroscado: Agnelo, governador do PT em Brasília.

E assim a CPI segue no seu movimento pendular. Na sua política de redução de danos. Do tipo “se pegar um meu, eu pego um seu”. Não faltará o que pegar se e quando forem abertas as contas da Delta em todo o país. A Delta está nas obras do PAC. A Delta está nas obras de governadores dos principais partidos.

Mas não é só a Delta. Há um ano Luis Antonio Pagot foi demitido do DNIT, no mesmo Ministério dos Transportes. Na revista IstoÉ desta semana, Pagot afirma que empreiteiras foram “convidadas” a fazer caixa para a campanha de Dilma em 2010. Segundo Pagot, o caixa se encheu. Segundo Pagot, Caixa 1; dinheiro legal, declarado, e não Caixa 2…, mas com o pires rodando entre as empreiteiras.

O mesmo Pagot disse: “Todos os empreiteiros do país sabiam que o Rodoanel financiava a campanha de Serra em 2010″. Serra negou, e o PSDB anuncia processo contra Pagot. O PT também negou.

Quem acusa tem que provar o que diz. Essa é uma regra básica. Acusados não são culpados até prova em contrário. Pena que na política brasileira essa regra, a da presunção da inocência, só é invocada quando o acusador se torna alvo.

Lembremos a queda do ex-ministro dos Esportes Orlando Silva: o policial João Dias disse à revista Veja que existia um vídeo com o ministro recebendo dinheiro numa garagem do ministério. O vídeo, ao menos o vídeo, não existia. Mas a onda foi enorme. E Orlando Silva foi tragado.

Mensalão do PT, mensalão do DEM, mensalão do PSDB em Minas, a Delta, o Cachoeira, o Demóstenes, o Perillo e o Agnelo, os guardanapos do Sergio Cabral em Paris, a marginal do rio Tietê, o Rodoanel…

Tudo isso a ser julgado, ou ainda investigado. Enquanto não se prova culpa ou inocência dos envolvidos, nas eleições deste ano pense e discuta… a sua cidade.

Atentem para os currículos, ou prontuários em alguns casos, mas não embarquem no discurso moralista do partido A, B ou C. Pelo rumo dos eventos, pelo que cada partido diz e aponta sobre o outro, até prova em contrário nenhum deles têm autoridade para disputar hegemonia moral. Boa noite….

__________
Publicidade

Tags:   · · · · · · · 2 Comments

Leave a Comment

Current day month ye@r *

2 responses so far ↓

  • Tiririca,terá que ler Privataria Tucana, do contrário irá embarcar, na canoa furada de Tucano, quem meche com tucano só sai bicado.

  • Não o que é pior, se isso ou se ver o Tiririca apoiando o Serra. E a grã-finada que achava o Tiririca analfabeto agora pagando um sapo imenso prá ele.