Não à terceirização

Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 2

Nassif: Luiza Erundina: Tudo por uma foto

junho 20th, 2012 by mariafro

Eu discordo do Nassif, mas não há como não lamentar a saída de Erundina desta campanha. Tudo ficou mais pobre, mais fisiológico, mais do mesmo.

Luiza Erundina: tudo por uma foto

Por: Luis Nassif

20/06/2012

Tenho um carinho histórico por Luiza Erundina.

Quando foi alvo de uma tentativa de golpe por parte do Tribunal de Contas do Município (TCM) devo ter sido o único jornalista a sair em sua defesa. Tinha o programa Dinheiro Vivo, na TV Gazeta, de público majoritariamente empresarial. Externei minha indignação que teve ter tido algum peso na decisão do presidente da FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) Mário Amato, de visitá-la com uma comitiva de empresários, hipotecando-lhe solidariedade.

Defendia-a também quando operadores do PT criaram o caso Lubeca. E, recentemente, o Blog conduziu uma campanha de arrecadação de fundos, para ajudar Erundina a pagar uma condenação injusta dos tempos em que foi prefeita.

Sempre admirei sua luta pelos movimentos sociais, das quais sou periodicamente informado por irmãs lutadoras.

Por tudo isso, digo sem pestanejar: ao pedir demissão da candidatura de vice-prefeita de Fernando Haddad, Erundina errou, pensou só em si, não nas suas bandeiras políticas nem nos seus movimentos sociais. Foi terrivelmente individualista.

À luz das entrevistas que concedeu ontem, constata-se que os motivos foram fúteis. Estava informada da aliança do PT com Paulo Maluf; chocou-se com a foto de Lula e Haddad com ele. Foi a foto, não a aliança, que a chocou.

A foto tem uma simbologia negativa, de fato. Aqui mesmo critiquei o lance. Mas apenas simbologia. Não se tenha dúvida de que, eleito Haddad, Erundina seria a vice-prefeita plena para a periferia, seria os movimentos sociais assumindo uma função relevante na administração municipal.

No entanto, Erundina abdicou dessa missão, abriu mão de suas responsabilidades em relação aos movimentos sociais, devido ao simbolismo de uma foto. Ela sabia que, eleito Haddad, seria mínima a participação do malufismo na gestão da prefeitura; seria máxima a intervenção de Erundina nas políticas sociais.

Poderia ter dado uma entrevista distinguindo essas posições, externando sua repulsa do malufismo, mas ressaltando a diferença de poder entre ambos.

Mas Erundina se sentiu preterida, não por Haddad, mas por Lula, que deixou-se fotografar com Maluf e não com Erundina.

Seu gesto foi para punir Lula, pouco importando o quanto prejudicaria seus próprios seguidores, os movimentos sociais. Ela abriu mão de um cargo que não era seu, mas de seus representados, para punir Lula.

E quem ela procura para a retaliação? Justamente os órgãos de imprensa que mais criminalizam os movimentos sociais, que tratam questão social como caso de polícia. Coloca a bala no revólver e o entrega à revista Veja. A quem ela fortaleceu? Ao herdeiro direto do malufismo na repulsa aos movimentos sociais: Serra.

Saiu bem na foto da mídia, melhor do que Lula com Maluf, mas a um preço muito superior. E quem vai pagar a conta são os movimentos sociais, pelo fato de sua líder ter abdicado de um cargo que a eles pertencia.

____________
Leia também
Lula e Dilma fizeram avanços sociais em seus governos APESAR dessa gente
PT ‘expulsa’ Erundina pela segunda vez

Tags:   · · · · 14 Comments

Leave a Comment

14 responses so far ↓

  • Sob o auge da decepção escrevi outro artigo, um tanto sentimentalmente profundo, sob o título “Estrela Guia”.
    “Provavelmente eu até tenha postado o comentário abaixo em algum de seus artigos antigos, como em tantos quantos eu consegui faze-lo tamanha foi a minha indignação. Principalmente porque eu apoei e defendi publicamente também via comentário em vários blogs a coligação Haddad e Erudina. E porque não com o PP também? Por isso vou repetir o meu comentário aqui, caso o aceitem claro.”
    Interessante a coincidência das fotos e das manchetes da matéria de Luíza Erundina ao lado ou acima da de Delfim Neto na Carta Capital. E quem acompanhou a política brasileira na época em que Delfim Neto foi ministro da direita e hoje é um dos aliados do PT não compreende essa repulsa de Erudina, tardia por sinal, porque veio mais de vinte e quatro horas depois, repelir Paulo Maluf. Prova ela que retroage, retrógrada é, a concretização da “Esquerda Burra”. E a configuração de uma pessoa tresloucada e traidora.
    Parte 2: Que na comissão da verdade age cheia de ódio e rancor, vingativa. Invertesse o caso e lhe dessem poder absoluto sabe-se lá qual seria o tamanho da maldade de sua vingança sob o ardor do fogo de seu ódio.
    Toda a concentração de energia que pulsa em explosão nas suas decisões entre um sim e um não são as mesmas, volátil alguém definiria. Um perigo para a sociedade analisariam, pois aparentemente o que se menos levou em conta em sua decisão foi a melhoria para o povo.
    Parte 3: Uma faísca que por um tempo riscou o céu com luz não própria e que logo se apagou, para sempre. Com petulância de desesperada defesa a Estrela Guia com seus argumentos apagou. Lula-lá passou dos limites, disse, pelo povo. Luíza Erundina melhor do que ele moralmente se achou. Seria o mesmo que dizer.
    Parte 5: Quem és tu Lula Estrela Guia diante de apagado risco no céu que um dia pouca luz lançou? Ainda obrigado, Lula, a ouvir o que não é nada em qualquer espaço, além de escuridão. Ousar dizer que quem passou dos limites foi tú, Lula-lá, ainda estrela guia brilhante no céu do coração do povo brasileiro.
    Parte 6: E quem és tu Erundina para para falar o que quer que seja do Lula e criar-lhe problemas para a eleição de São Paulo. Dizendo inclusive que ele foi longe de mais?
    E você para onde foi? Onde esta? E se foi e chegou a algum lugar, foi por quem? Por mérito político seu? E se, o que fez para merece-lo? Quem é você como liderança para o nosso país?
    Parte 7:Foi prefeita de São Paulo nas costas de quem? De sua liderança política de nada e de ninguém como é até hoje, ou por Zé Dirceu, Lula, Suplicys e PT?
    Que arrogância é essa para se achar com o direito de desistir dizendo que foi porque o Lula foi longe nessa ao coligar-se como o partido de Paulo Maluf? E ainda querer atrapalhar Lula e PT, isso tem nome, é covardia e traição! Típico de um tresloucada que não transmite confiança à ninguém, PSB que se cuide.
    Parte 8: Coincidinco com o artigo aqui comentado: Mas estranhamente só se decidir depois de mais de 24hrs?
    Pergunte-se a si mesma, quem sou eu? O que represento para o meu país como pessoa e política? Que falta eu faço para o Brasil? Antes de arrogar-se ao que quer que seja. Por que senão a pergunta quantos Malufs valem uma Erundina que fizeram na Carta Capital pode ser respondida por você mesma, e você com toda a certeza já se deu mal.

  • Como a política também é considerada uma caixinha de surpresas, abre-se uma nova esperança para São Paulo, com sustância e qualidade em um nova aliança do PT com o apoio de lideranças dignas de admiração e respeito de todos nós. Como Rebelo, Manuela Dávila e Tarso Genro se aliando à Lula.
    Sendo Manuela Dávila é projeto do futuro do Brasil, suas disputas em Porto Alegre fazem parte de uma preparação natural de quem vem assumir responsabilidades a nível nacional o mais breve que a sua idade permita.
    vou deixar um comentário feito sobre o apoio do PC do B ao PT de São Paulo, mudando-o para os personagens certos, para que o leitor tenha noção do que estou falando:
    Agora sim eu posso dizer com segurança e certeza:
    “O Galo Cantou Canto Certo”
    E só agora fui saber que o certo deste canto era; para São Paulo
    caminhar de mãos dadas com Manuela Dávia, Renato Rebelo, Haddad, Tarso Genro, PC do B e PT.
    A falta de preconceito e farsas, apoiou Hadadd, e se chama Renato Rebelo. Botando a prova todos os seus anos de luta pelo bem do Brasil. Ao lado da maior liderança política jovem que surgiu nos últimos anos no país, Manuela Dávila, com certeza em carreira breve e mulher já na idade exigida, possivelmente ven ser nossa presidenta da República.
    Porto Alegre ao elege-la, Manuela Dávila, prefeita, dará-lhe a oportunidade de mostrar aos brasileiros toda a sua capacidade de governar, inclusive a nação na hora certa politicamente.
    E o que um dia em vários Blogs foi comentado por mim exageradamente emocionado para a aliança Haddad e Erundina, descubro que foi puro engano, do que entendi sobre “O Canto Certo que O Galo Cantou”.
    Então repito tudo o de bom que descrevi, substituindo os personagens errados pelos certos, obedecendo ao canto do galo.
    “O Galo Cantou Canto Certo”
    São Paulo forma a mais genial e eclética aliança política que sequer o maior dos gênios do marketing político poderia imaginar.
    O que naturalmente levará à vitoria da disputa eleitoral mais cobiçada do país, a prefeitura de São Paulo. São tantos acertos políticos, da prefeitura de São Paulo à Prefeitura de Porto Alegre, governo federal, à até a Presidente Dilma. De onde naturalmente gerará maior aproximação, melhor administração e mais projetos para os estados de São Paulo e Rio Grande do Sul. Agora sim, é de se admirar e repetir para acreditar, estratégia política racionalmente inimaginável, um golpe de sorte, dar a vitória da disputa pela prefeitura de São Paulo, mudando todo o quadro político nacional.
    Como se projeto planejado em universidades como Federal de Juiz de Fora, UFRJ ou UFRS, mas por político conhecedor de nossas mazelas. P.S. Dividido em partes. Como se fosse uma tese de doutorado, PHD, com o título, “Passo a passo para mudar a política brasileira de mãos para sempre” ou “Os novos rumos do Brasil” ou mais brilhante ainda;
    Parte 6: “Brasil acordado em solo esplendido”, ousando um pouco mais, “Brasil acordado em solo esplendido com Manuela Dávila futura presidente”.
    Como para o PT no início das negociações para a campanha eleitoral de São Paulo perder o apoio de Kassab foi considerado uma derrota fatal. A surpresa da chegada da surpreendente Manuela Dávila (PC do B, do gigante Renato Rebelo (PC do B) e do próprio PC do B na aliança com Haddad foi sensacional.
    E ainda como a cereja do bolo ganharam o apoio do cobiçado, e também ápto líder à assumir a presidência do Brasil, Tarso Genro, como padrinho e costurador político de uma aliança PT PC do B para Porto Alegre.
    Paro por aqui, porque sobre este tema há muito o que conjecturar. Em outra oportunidade volto à ele com prazer, e haverá, um tanto bom. E diferentemente da primeira vez, verdadeiro, verdadeiramente compromissada a coligação aqui anunciada.
    José da Mota.

  • Vou iniciar assim: O Final do “Galo que Cantou Certo” primeira parte (a decepção), porque vou enviar outro comentário logo em seguida, como segunda parte. Como o renascimento do “Galo que Cantou Certo” (a surpresa e salvação)
    Parte 1: Erundina diz não ao Canto Certo que o Galo Cantou.
    Primeiramente um toque sobre o preconceito político oportunista: Sarney salvou o PT da derrota por três vezes, senão é a coligação com o PMDB e outros partidos como inclusive o PP de Paulo Malufe o PT perdia as três eleições que venceu para presidente da República, e, se o PMDB apoiar o PSDB é o PSDB quem ganha.
    E junto ao PMDB vieram os partidos do Renan, Delfim Neto e até Paulo Maluf que ocupa ministério no governo da Dilma e uma secretária no Governo do Estado de São Paulo. Ou seja Paulo Maluf tem um Ministro dele aí dentro da sua casa Dona Luíza Erudina (Paladina da moral e ética por interesse próprio), do PT, e ministros do PMDB, PDT, PPS e etc…
    Agora antes de ir direto ao ponto quero esclarecer o título Três em uma(decepções) :
    Primeira: Por conta da confusão de um nome de Blog como “Transparente como um Cristal vamos questionar!?” e que coincidentemente questionava a coligação PP, Maluf, PT haddad e Lula, e PPS luiza Erundina. Com foto de Paulo Maluf, Lula e Haddad juntos para o anúncio desta coligação, por Paulo Maluf. Com a seguinte frase: “Pois é, o IMPOSSÍVEL não é tão impossível, quando o lado “INVENDÍVEL” se vende !!!
    Lamentável, pra não dizer mais…”
    Parte 3: Segunda: O nome do Blog, que entrei por causa da coligação, já por ele questionada, lembrou-me do que me aconteceu como se por encomenda da outra força, por alguém que se dizia amigo meu. Um mestre espírita de uma ordem que deposito toda a minha confiança nela com alguma desconfiança do crescimento dos homens nela, que disse que só se prontificaria a me auxiliar em um momento delicado de minha vida. Assim que eu ficasse “Transparente como um Cristal”. Me perguntei desde então que ser humano arrogantemente à Deus, se diria ser “transparente como um Cristal!” E cobraria de outro homem, da humanidade, que assim como ele, eles o fossem?
    Terceira: No artigo para a coligação que repito resumos abaixo antes de dar o parecer final ao três em um, peço certa atenção ao seu título e autorização ao moderador deste blog para republicá-lo:
    “O Galo Cantou Canto Certo”
    Parte 4: São Paulo forma a mais genial e eclética aliança política que sequer o maior dos gênios do marketing político poderia imaginar. O que naturalmente levará à vitoria da disputa eleitoral mais cobiçada do país, a prefeitura de São Paulo.
    São tantos acertos políticos em todas as suas áreas, que vai de costuras políticas em pequenos municípios, prefeitura de São Paulo em si, governo federal, aproximação definitiva e concreta do PSB com a aliança governista e, principalmente a demonstração de confiança total do PSB na Presidente Dilma.
    O parecer final: A coligação não vingou, eu deixei de frequentar os estudos espíritas também por conta da afirmação daquele que se dizia mestre e nem sei se é mais. o Blog “Transparente como um Cristal vamos questionar!? provavelmente dava se questionar. Parte 5: Porque ao que tudo indica ao meu ver, opinião pessoal, tais cristais se espatifaram em frangalhos incoláveis. Pois todos eles não passavam de uma comparação ilusória da pureza do homem, que por natureza erra, à pureza da transparência de um cristal. Que quebra, na alusão até “”três em uma” taça de cristal de ilusões. 1 – Blog “Transparente como um Cristal vamos questionar!?” como meu ex-mestre. 2 – o encanto do Canto Certo que O Galo Cantou para o meu ex-mestre espírita. 3 – Luíza Erundina abandona candidatura depois de dizer que não era mulher de voltar atraz em uma decisão.
    E o que ficou? Podemos afirmar que é o mistérioso “Canto Certo que o Galo Cantou”. Só revelado para quem recebeu o merecimento.
    Sobrando aos simples mortais, festas de conjecturas.
    José da Mota

  • [...] Nassif: Luiza Erundina: Tudo por uma foto [...]

  • Faces

    “é sempre assim
    falar do outro é facil
    quero ver falar de si”

    http://soundcloud.com/gremiosudeste/05-up-brothers-face

    [soundcloud url="http://api.soundcloud.com/tracks/5637952" iframe="true" /]

  • Nassif foi extremamente injusto em seu texto, apesar de acertar no diagnóstico da desistência de Erundina, como ja foi muito dito: foi o espalhafato da foto, que pareceu um tapa na cara. Quando aceitou ser vice, ela sabia que haveria uma possibilidade real do PP entrar no barco. Mas não imaginou o protagonismo simbólico de Maluf nessa história.

    Lula deveria ter batido e pé e se recusado a ir na mansão de Maluf. Inventasse uma desculpa qualquer, uma indisposição qualquer. Depois disso, deveria primeiro prestigiar Erundina, garantindo que o PP teria papel apenas acessório na administração municipal, em caso de vitória. Prioridade para Erundina, e o mínimo de concessões pro PP e Maluf. Aliás, deveriam ter feito a aliança de forma a deixar claro que seria com “mais um partido da base da Dilma” , e não com o estrelismo de Maluf. O estrago político teria sido consideravelmente menor.

    Mas não! Referem-se à Maluf como “nosso ilustre Maluf” , dizem em alto e bom som que MUITOS cargos serão dados ao PP… que cara terá essa administração, se vencerem?

    Maluf deve ter se divertido com o constrangimento imposto a Lula. E o ex-presidente fez papel de bobo e se submeteu a isso! A punição de Erundina é justa: que garantia realmente há de que ela teria o “poder máximo” pra políticas sociais? E se a secretaria de transporte (!!) for dada um malufista? Como é que fica? Transporte e habitação para malufistas… isso, por si só, já diminuiria bastante esse “poder máximo”….

    Haddad que se vire agora para minimizar o estrago feito, e que o programa de governo seja o mais o progressista possível – no papel, e na prática, caso vença. Por mais raiva que ele tenha me feito passar (era meu 2º melhor candidato, ainda uma opção válida, apesar dos pesares), ainda torço para que se consolide como uma alternativa viável.

    Haddad encolheu do ponto de vista político (talvez aumente em intenção de voto, vai saber)… mas ainda continua como 2ª melhor opção.

  • Vou copiar a frase do Márcio: “Foi o Lula e o PT que deixaram os movimentos sociais, aliás há muuuuuito tempo…”, virando as costas pra militância e os movimentos sociais, no escândalo que envolveu Delúbio e cia. E complemento: agora, querem queimar a Erundina, que nunca deveria ter se metido nessa roubada. O PT só recorre à militância em caso de perigo. Dizer que a deputada Luiza Erundina ficou com inveja da foto do Lula com o bandido do Maluf… rárára. PIADA DO ANO!l Falta de respeito com a história e a idade de Erundina, esse texto babaca.

  • A Globo apoia Erundina. Tenho a impressão que Erundina também leu Nicoló. A quem será que S(m)erra agradece?

    http://g1.globo.com/politica/noticia/2012/06/erundina-diz-que-esta-feliz-por-atender-ao-anseio-da-sociedade.html

    Viver não é fácil mas é simples: Erundina faturará uma coletiva (faz quanto tempo mesmo que ela não participa de uma atividade destas?). Campos garante que o PSB continua apoiando Hadad. Será porque mira o trono planaltino?

    @shasssa

  • A Política não pode ser reduzida às questões eleitorais e quantitativas. Ela faz parte da essência humana. Aristóteles qualificava o homem como “Zoon Politikon”, um animal essencialmente político. Portanto, símbolos são partes fundamentais da vida política.

  • Estou com a ERUNDINA!!!

  • Piada esse texto. O PT nunca teve intenção de trazer mov.social algum para governar com a escolha de Erundina como vice. A ex-prefeita foi escolhida para ser mero objeto de adorno que substituísse Marta Suplicy, que também foi tratada como lixo. Entretanto com Maluf, houve até foto comemorativa, o que já mostra por si só o quanto o PT pretendia valorizar a ex-prefeita, já que não tiveram a menor vergonha de, em um intervalo de tempo tão curto, anunciar Erundina vice e o maior adversário político dela como aliado de destaque.

    Me lembrei de Oscar Wilde em seu ensaio sobre o socialismo, no qual falava na mudança do significado das palavras; no caso de Nassif, egoísmo vira a escolha pessoal – ser vice ou não – e a solidariedade vira aceitar as imposições externas, Quando que, na verdade, egoísmo é querer impor aos outros uma vontade alheia e fazê-los meios para seus fins.

    Resumindo, o texto omite, desvirtua e mente.

  • Foi o Lula e o PT que deixaram os movimentos sociais, aliás há muuuuuito tempo…