Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores…

Maria Frô
Por Maria Frô julho 5, 2012 12:27 Atualizado

Leia também:

VTNC: “Vamos Torcer Na tua Cara”

Ontem pensei em todos os meus amigos corinthianos, na filhota, no pai, no brother maluco, na sister, nas sobrinhas apaixonadas, nos primos, primas, tios e tias locos por ti Corinthians.

Pensei na tia Olga e no tio Geso que se foram a pouco e assistiram o belo jogo de ontem na companhia do Sócrates.

Terminado o jogo ligo para geração que me introduziu na fé: meu pai e para a que foi devidamente iniciada por mim, a filhota linda e recebo dezenas de mensagens no celular e nas redes sociais e queria mais 90 minutos de jogo lindo e competente.

É isso demoramos para ganhar a Libertadores, mas quando fizemos foi  comuma campanha impecável, com o time menos vazado (tomamos apenas dois gols) e completamente invictos. Chupa Boca; Chupem Anti-corinthianos, aqui é TIMÃO, PORRA!

Segue um trecho do texto do Rafael Castilho que deu origem ao título do post:

Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores

A Europa decadente, os ianques endividados, a China matriz do capitalismo global e os japoneses contando os dias para receber o Time do Povo.

Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores.

Sim, Moisés cruzou o mar vermelho de verdade. Jesus Cristo ressuscitou e voltará para nos salvar, Maomé profetizou e Buda sorriu satisfeito.

Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores a cidade acordará rouca. A atmosfera estará perfumada e as pessoas caminharão sorrindo e com um residual de lágrimas de felicidades nos olhos. O grande dia chegou.

Patrões serão tolerantes com o atraso dos funcionários. As aeromoças estarão com a maquiagem borrada. As freiras beberão todo o estoque de água benta que estiver ao alcance e em genuflexão agradecerão ao Pai esta ressaca tão esperada.

Os velhos estarão satisfeitos com a vida. Nossa curta estadia na terra enfim terá uma explicação existencial. Viveram todos ate aqui para testemunhar o melhor da vida. Tudo isso no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores.

As igrejas terão quitadas todas as suas promessas pelos fieis e São Jorge estará aliviado por atender trinta milhões de pedidos no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores.

Para ler o texto na íntegra vá ao blog do Rafael

___________
Publicidade

Comentários

Comentários

Maria Frô
Por Maria Frô julho 5, 2012 12:27 Atualizado
Escrever um comentário

4 Comentários

  1. Gerson Carneiro julho 5, 12:40

    O carimbador maluco acaba de proibir gritar “É… CAMPIÃO!!!”

    Reply to this comment
  2. Victor Farinelli julho 6, 13:59

    O trecho mais legal do brilhante texto do Rafael:

    “O Corinthians não quer ser o “rei da América”.

    Num continente com tantos ridículos tiranos, golpes de Estado, quarteladas, invasores, exploradores, colonizadores e imperialistas, parece ser estúpida a pretensão de “conquistar a América” ganhando um campeonato de futebol.

    E não é raro ouvir que determinado time está jogando para conquistar a América.

    Ora, a luta dos grandes Libertadores não foi justamente para afirmar nossas potencialidades e livrar-nos do jugo dos “conquistadores”?

    Só no dia em que o Corinthians ganhar a Libertadores a América Latina sorrirá com este novo campeão. Não mais um conquistador que estampará nos jornais: “A América aos seus pés”, mas com um novo tipo de estampa, saudando O TIME DO POVO!”

    Reply to this comment
  3. Victor Farinelli julho 6, 14:03

    Espero que tenha lembrado também deste amigo que desfrutou do título aqui de longe, junto com o filhão, sem o calor da Fiel, mas feliz pracará aqui nesse frio de quase 0º.

    VAI CORINTHIANS!!

    Reply to this comment
Visualizar Comentários

Escrever um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios estão marcados com*

ajude a manter o Maria Frô!

BANCO: CEF, nº 104
AGÊNCIA:  4138
OP: 013 (para depósitos feito entre a própria CEF)
CONTA : 24110-9

Fórum Semanal

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Seja amigo do Barão

Seja amigo do Barão