Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 2

Rede Brasil Atual: ‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon

julho 24th, 2012 by mariafro

Observem que a abordagem da mesma entrevista na grande mídia diz exatamente o oposto que Eliana Calmon diz para Rede Brasil Atual (matéria reproduzida ao final do post).

Veja também aqui: Opinião pública vai julgar Supremo por resultado do mensalão, diz corregedora

E aqui: Imprensa prepara espetáculo da carta jogada

‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon

Para corregedora do Conselho Nacional de Justiça, sociedade precisa ser bem informada sobre argumentos a serem usados pelo Supremo, seja em caso de absolvição ou de condenação

Por: Paulo Donizetti de Souza, Revista do Brasil
24/07/2012

São Paulo – Os juízes do Supremo Tribunal Federal (STF) não devem ceder a eventuais pressões pela condenação ou absolvição prévias dos 38 réus da Ação Penal 470, conhecida por processo do “mensalão”. A opinião é da ministra Eliana Calmon, corregedora nacional de Justiça. O julgamento começa na semana que vem.

“Não há, absolutamente, (maneira) de a gente achar que (o STF) só se sairá bem se condenar ou não se sairá bem se não condenar. Isso não existe. Porque se fosse assim, não precisava julgar”, afirmou Calmon, em entrevista à Rede Brasil Atual concedida ontem (23) à noite, depois de participar de evento no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de São Paulo.

Para a ministra, qualquer que seja a decisão do STF, ela terá de ser embasada em argumentos capazes de convencer a chamada opinião pública do veredito. “O povo precisa ficar convencido pelos argumentos a serem usados pelo Supremo Tribunal Federal, mostrando porque está absolvendo e mostrando porque está condenando”, disse. Segundo ela, os meios de comunicação têm grande responsabilidade no processo de esclarecimento da população.

Leia também: » Para ministra, mudança no Judiciário deixaria elites ‘desprotegidas

______________
Publicidade

Tags:   · · · 9 Comments

Leave a Comment

Current ye@r *

9 responses so far ↓

  • [...] Rede Brasil Atual: ‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon [...]

  • [...] Rede Brasil Atual: ‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon [...]

  • [...] Rede Brasil Atual: ‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon [...]

  • [...] Rede Brasil Atual: ‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon [...]

  • [...] Rede Brasil Atual: ‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon [...]

  • [...] Rede Brasil Atual: ‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon [...]

  • [...] Rede Brasil Atual: ‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon [...]

  • [...] Rede Brasil Atual: ‘Mensalão’: STF não pode ceder a pressões, avalia Eliana Calmon [...]

  • Azuir Disse:

    Com o Escândalo do Demóstenes e Cachoeira o Mensalão ficou desmoralizado e tem esse tipo de falsos Mosqueteiros da Honestidade em todos os lugares e desesperados se entregando a acusarem o Mensalão num desgaste irreparável pra eles.
    Jefferson e seu advogado já atiram para todas direções, o TCU absolveu Marcos Valério, o Dinheiro dos Aloprados foi do Cachoeira, o Demóstenes já esta em Goiás em novas e bem remuneradas atividades, Os Governos de Lula e Dilma Transformaram o Brasil, São Paulo está cheio de Problemas e o Jeito vai ser mudar o Partido para ver se coloca um governo que possa Salvar a Paulicéia das tantas quadrilhas que estão destruindo a cidade e o Estado a anos. A Mídia esta desgastada por manipular isso tudo e não resolver nada. As únicas coisas marcantes da Mídia nestes tempos de mensalão foi o furo do Perigo da Bolinha de papel e o Paulo Preto garantindo o Rodoanel. Os reclamos e as atuações do Tourinho, Gilmar e Gurgel ficaram em muito destaque e vai lhes despertar antagonismos na Classe. Como na Mídia, Novos destaques tomam conta do pedaço e os velhos tem de justificar o empenho e no tanto que correram atrás da bola. Coisa de Pais do Futebol e das Olimpíadas que sempre tem novos Campeões de votos e as Eleições estão ai, Vão lamentar o Julgamento do mensalão junto com as Eleições.
    Vai ser um Grande Julgamento e a Nação sairá ganhando com as Eleições.

    MENSALÃO É O JULGAMENTO, MÍDIA E JUDICIÁRIO JULGADOS.

    Ninguém poderia imaginar, é Deus do Céu testando.
    Eles queriam crucificar, e a batata ta na mão assando.
    É de mentira o momento, dos mentirosos consagrados.
    Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

    Tanto fizeram e estrearam, e como vão se explicar.
    Eles criminalizaram, não terão coragem de confessar.
    Era Vitória antes do tempo, infelizes já condenados.
    Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

    Sr. Juiz ou o apresentador, do Tribunal ou Televisão.
    Seu Trabalho como orador, agora diante da reparação.
    Ao humilhado o alento, pro caluniador fardos pesados.
    Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

    Era na Rádio e no Jornal, animados com divulgação.
    Os Verdadeiros caras de Pau, julgamento presentão.
    Acusação todo tempo, os réus já estavam condenados.
    Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

    O Que essa Mídia vai dizer, que esses Juizes vão falar.
    O que terão de fazer, pra outro teatro desse não formar.
    Farsa sem comedimento, como pagar os prejudicados.
    Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

    Terrível a televisão, Novelas e tudo pra adestrar.
    Obscuridade alienação, o embrutecer e desumanizar.
    Formar opinião e intento, e imitantes serem louvados.
    Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

    Marcos Valério absolvido, Jefferson tirou acusação.
    Aquele dinheiro apreendido, Cachoeira deu pra ação.
    Sem confissão e arrependimento, só réus prejudicados.
    Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

    Querem mundo de farsa total, de toda prova invalidar.
    O que conta é o Jornal Nacional, o resto é pra anular.
    Todo mundo já ta sabendo, pela Blogsfera informados.
    Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

    Crime imundo encomendado, todo mentira e insinuação
    Serviram-se dele um bocado, Se tornou uma Maldição.
    Uma arma todo tempo, de Prazo e validade adulterado.
    Mensalão é o Julgamento, Mídia e Judiciário Julgados.

    Azuir Filho e Turmas de Amigos: do Social da Unicamp, Campinas, SP,de Rocha Miranda, Rio de Janeiro, RJ e de Mosqueiro, Belém do Pará.