Para expressar a liberdade

Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 2

Pochmann e professor Emir Sader discutindo democratização da Cultura e Comunicação

agosto 17th, 2012 by mariafro

Streaming video by Ustream

Candidato a prefeito, Pochmann propõe acesso à informação pública para a democratização do poder

Debate aconteceu neste sexta-feira à noite, na TV Pochmann, e contou com a participação de Emir Sader
18/08/2012

Campinas  “Avançamos com a Democracia representativa (eleições diretas), mas não com a participativa. Agora, precisamos iniciar um novo ciclo, que requer a democratização do poder e isso só é possível com o acesso da população a informações públicas”, disse Marcio Pochmann, candidato a prefeito de Campinas pelo PT, nesta sexta-feira (17) à noite, em debate sobre “Democratização da Cultura e da Comunicação”, na TV Pochmann. O debate contou com a participação do sociólogo e cientista político Emir Sader e de blogueiros.

“No que se refere à Lei do Acesso (a informações públicas, Lei nº 12.527, em vigor desde maio de 2012), as diferentes instâncias de poder ainda não estão abrindo tudo. Não sei se por incompetência ou má fé, mas a verdade é que não funciona”, disse Sader. Pochmann mencionou alguns itens previstos em seu programa de governo para ampliar a transparência e o controle social, como a promoção da inclusão digital, a Prefeitura Digital e a garantia do amplo acesso por qualquer cidadão a informações públicas.

Auditoria Popular


“Além disso, propomos a auditoria popular, em que um cidadão escolhido pela população terá acesso imediato a qualquer documento solicitado. Dessa maneira, com o controle social (a população fiscalizando as ações e gastos públicos), acreditamos que poderemos afastar a corrupção e aproveitar melhor os recursos para oferecer serviços com mais qualidade”, acrescentou o candidato do PT à Prefeitura de Campinas. Ele destacou também a descentralização dos Conselhos Municipais em regiões, para maior proximidade das demandas locais.

Marcio Pochmann citou uma experiência que teve no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), na qual foi presidente até se desligar para disputar a eleição. “No Ipea, promovemos coletivas públicas, não só para a imprensa, mas para toda a população interessada. Isso ampliou muito a interação com a sociedade”, comentou o economista e professor da Unicamp.

Recuperar e descentralizar a Cultura
Questionado sobre sua intenção em recuperar os centros culturais de Campinas, Pochmann disse que é preciso recuperar os espaços existentes e também descentralizar os espaços e as atividades culturais, para atender a todas as regiões da cidade. Ele também enfatizou o caráter democrático que pretende dar para a Cultura:_ “As políticas culturais têm de ser construídas pelas pessoas que atuam no segmento, os artistas, junto com a Prefeitura”

Após o debate, Sader se reuniu com blogueiros, tuiteiros e facebookeiros em Plenária no Comitê, também com o tema “Democratização da Cultura de da Comunicação”. Na avaliação de Sader, embora em decadência econômica, os Estados Unidos da América (EUA) ainda se impõem sua hegemonia ideológica ao restante do mundo, calcada no consumismo e no individualismo

“Eles tornam tudo mercadoria. Nós, queremos democratizar, tirar da esfera do mercado e colocar na esfera dos direitos, direito à educação, moradia, emprego, etc.”, disse o sociólogo, que também lançou seu livro “As armas da crítica: antologia do pensamento de esquerda v. 1”, escrito em parceria com Ivana Jinkings.

Tags:   · No Comments

Leave a Comment

0 responses so far ↓

There are no comments yet...Kick things off by filling out the form below.