Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 2

Pinheirinho, para não esquecer jamais: A covardia de Alckmin, a violência institucional da PM e o descaso da Justiça

janeiro 21st, 2013 by mariafro

Amanhã, 22 de janeiro, fará um ano da maior agressão de um governo a seus cidadãos durante uma desocupação completamente ilegal: o Massacre do Pinheirinho.

O senhor Ivo Teles dos Santos que aparece no vídeo abaixo com seu corpo frágil de  mais de setenta anos e que foi brutalmente espancado pelos PMs durante a invasão da tropa de choque no Pinheirinho e que após internação veio a falecer  é o símbolo da covardia e a violência do Estado contra seus cidadãos.

Militares da tropa de choque que espancaram idosos,  jogaram bombas de gás em mulheres e crianças e são acusados de violência sexual  foram parte do espetáculo grotesco do dia 22 de janeiro de 2012.

Mas o que esperar de um governador que justifica a violência de sua PM com a retórica da ditadura militar:  Quem não reagiu está vivo?

Morador do Pinheirinho espancado por PMs está em coma na UTI

Morador do Pinheirinho espancado por PMs vai ter alta hospitalar e não tem para onde ir

Justiça autoriza exumação do corpo de aposentado espancado por PMs no Pinheirinho

PM tentou proibir conselheiro do Condepe de assistir à exumação do corpo de ex-morador do Pinheirinho

Essa imagem do aposentado Ivo Teles dos Santos, de 70 anos, foi registrada no dia da reintegração de posse do acampamento Pinheirinho. O vídeo mostra o idoso machucado após ter sido violentamente agredido por um grupo de policiais militares que participaram da desocupação do local. Revoltado, Ivo aparece tirando satisfação com pm’s.
Momentos depois da gravação o senhor deu entrada no hospital municipal Dr. José Carvalho de Florence, onde ficou internado em coma até 22 de março. Ele deixou a unidade médica em estado vegetativo, ficando nesta situação até o dia em que faleceu, 9 de abril. Neste período, não se movimentou ou respondeu a qualquer estímulo.

Integrantes do corpo de enfermagem disseram para ex-mulher do aposentado que a causa primária da internação teria sido em consequência das agressões.
Segundo a direção do hospital, ele chegou na unidade com “quadro confusional” e “crise hipertensiva” após sofrer um AVC hemorrágico, diagnosticado pela realização de uma tomografia de crânio.

A a pedido do defensor público Jairo Salvador, de São José dos Campos, a Justiça autorizou a exumação do corpo para exames que ajudarão na investigação da morte.

Leia também:

Suplicy: Ex-moradores do Pinheirinho denunciam violência sexual praticada por PMs

Defensoria Pública de São Paulo desmonta toda a história oficial sobre o Pinheirinho

23 ex-moradores do Pinheirinho farão exame de corpo de delito; há mais feridos

David, ex-morador do Pinheirinho: “Eu consigo identificar o guarda civil que atirou em mim”. Ouça o depoimento dele

Adriano Diogo: “Depois de balear David pelas costas, a GCM atirou nele, de novo”

Eduardo Guimarães: JN culpa moradores por tragédia do Pinheirinho

Onde “triunfaram” a PM, a Justiça e o PSDB

Juristas e entidades comprometidos com a democracia denunciam caso Pinheirinho à OEA

Ermínia Maricato: Os motivos para o “terror imobiliário”

O protesto dos cineastas contra a “política do coturno”

Maria Inês Nassif: Tucanos fazem a opção preferencial contra os pobres

Ricardo Vilches: Tratores destroem casas e eletrodomésticos

“Parecendo um porco para abater amanhã”

Emiliano José: A população de São Paulo há de acordar

Adriano Diogo: “Depois de balear David pelas costas, a GCM atirou nele, de novo”

Repórter Brasil: A fala de Dilma em Porto Alegre

Alckmin cria “gabinete antiprotesto”

Paulo Maldos: “Você volta e manda sua presidenta falar comigo”

Rosane Bertotti: O protesto no Pinheirinho

Gilberto Carvalho: “O Brasil viu aquele terrorismo”

Juristas denunciam Pinheirinho à Comissão Interamericana de Direitos Humanos

Justiça autoriza exumação do corpo de aposentado espancado por PMs no Pinheirinho

Operação Pinheirinho: Faturando com a desgraça das 1.600 famílias despejadas

Morre idoso hospitalizado após ação no Pinheirinho

Conceição Lemes: Se receber alta, Ivo Teles não tem para onde ir

Conceição Lemes: A denúncia original da internação de Ivo

Laudo da Polícia Civil derruba o “quem não reagiu está vivo” do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin

Em 25 dias 170 mortes em São Paulo: 20 agentes do Estado 150 civis jovens pobres negros e periféricos

Será que os policiais assassinados nas últimas semanas e também os trabalhadores reagiram, governador Alckmin?

Maria Rita Kehl: Estado Violência, Alckmin usa a mesma retórica dos matadores da ditadura

Escalada de violência em São Paulo: Segurança Pública é um dos Direitos Humanos

Governos federal e de São Paulo criam agência integrada para conter violência no estado

Diferenças fundamentais entre governos democráticos e autoritários: Tarso Genro, Alckmin e papel da Polícia

 

 

Tags:   · · · 4 Comments

Leave a Comment

Current day month ye@r *

4 responses so far ↓