Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 4

Lula diante das acusações de Gilmar Mendes em Veja: “Meu sentimento é de indignação”

maio 28th, 2012 by mariafro
Respond

NOTA À IMPRENSA

Assessoria de Imprensa do Instituto Lula

São Paulo, 28 de maio de 2012

Sobre a  reportagem da revista Veja publicada nesse final de semana, que apresenta uma versão atribuída ao ministro do STF, Gilmar Mendes, sobre um encontro com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no dia 26 de abril, no escritório e na presença do ex-ministro Nelson Jobim, informamos o seguinte:

1.   No dia 26 de abril, o ex-presidente Lula visitou o ex-ministro Nelson Jobim em seu escritório, onde também se encontrava o ministro Gilmar Mendes. A reunião existiu, mas a versão da Veja sobre o teor da conversa é inverídica. “Meu sentimento é de indignação”, disse o ex-presidente, sobre a reportagem.

2.   Luiz Inácio Lula da Silva jamais interferiu ou tentou interferir nas decisões do Supremo ou da Procuradoria Geral da República em relação a ação penal do chamado Mensalão, ou a qualquer outro assunto da alçada do Judiciário ou do Ministério Público, nos oito anos em que foi presidente da República.

3.   “O procurador Antonio Fernando de Souza apresentou a denúncia do chamado Mensalão ao STF e depois disso foi reconduzido ao cargo. Eu indiquei oito ministros do Supremo e nenhum deles pode registrar qualquer pressão ou injunção minha em favor de quem quer que seja”, afirmou Lula.

4. A autonomia e independência do Judiciário e do Ministério Público sempre foram rigorosamente respeitadas nos seus dois mandatos. O comportamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o mesmo, agora que não ocupa nenhum cargo público.

__________
Publicidade

Tags: No Comments.

FACEBURKA CENSURA PERFIL DE FOTÓGRAFA DA MARCHA DAS VADIAS

maio 28th, 2012 by mariafro
Respond

Sugerido por Vitor Sarno

Para o Facebook e para o Google seios femininos é ‘violento’, pornográfico, pelo visto a violência contra a mulher não é…


Fotos: Ananda Luz, no Flickr

Por: Tarsila Luz sobre as fotos de Ananda Luz

“Galera, a minha mãe Ananda Luz não pode acessar o facebook hoje, está bloqueada porque foi denunciada as fotos que ela fez sobre a marcha das vadias… o engraçado e que retiraram somente fotos que as mulheres com seios de fora estavam em conflito com a polícia. Quem será que denunciou? Será que os mesmos fizeram com outros meios de comunicações? Por que incomoda tanto, nós mulheres, protestarmos? Chega dessa ditadura!!!!!!

__________
Publicidade

Tags:   · · 26 Comments

Desocupação negociada do Novo Pinheirinho no DF

maio 28th, 2012 by mariafro
Respond

Por: Débora Cruz

26/05/2012

O Governo do Distrito Federal, governo democrático e popular – ao contrário do que querem fazer transparecer – em parceria com governo federal fechou acordo com os integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), para desocupação da área batizada como Novo Pinheirinho, em alusão a ocupação do mesmo movimento, que foi desocupado pela Policia Militar do estado de São Paulo da maneira mais cruel e desumana.

O GDF mostra que o diálogo é a principal arma a ser utilizada durante uma negociação com o movimento social. O prazo de reintegração de posse, emitido pelo TJDFT, terminou no último dia 20 e um grupo de articuladores políticos reabriu o diálogo com o movimento.

Movimento dos Trabalhadores sem Teto e Governo terminaram a reunião com a assinatura de um Termo de Compromisso. O acordo prevê a inclusão das famílias nos cadastros no programa habitacional do GDF (Morar Bem) e Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal e o pagamento de um auxílio-aluguel de R$ 408 para as famílias que necessitarem, até que recebam suas respectivas residências.

“O interesse do nosso Governo é que os programas habitações populares funcionem, oferecendo dignidade, qualidade de vida, contemplando aqueles que estão dentro dos critérios e que realmente necessitam de moradia” afirmou Paulo Tadeu, Secretário de Governo e principal representante do GDF na negociação.

Em um governo que tem como base a garantia de direitos, a democratização e o diálogo, não se esperava atitude diferente. O que aconteceu em São Paulo, com a desocupação truculenta e violenta não poderia acontecer no DF, no governo popular, onde se respeita todas as formas de manifestações possíveis. Para o governador Agnelo Queiroz é muito importante que não aconteça, durante a saída do movimento, nenhum movimento de violência entre polícia e ocupantes da área pública, afinal de contas, o “Estado precisa garantir a integridade dessas famílias, formadas por mulheres, jovens, crianças e tantos trabalhadores.”

As famílias acampadas iniciaram a volta para suas antigas residências desde, 25/05 e até  o próximo domingo está previsto que todas as famílias já tenham desocupado a área, conforme acordo assinado. As famílias que estão em situação de vulnerabilidade, desde que estejam dentro dos critérios do programa, irão receber o benefício eventual, segundos os critérios legais, e a inscrição no DF Sem Miséria, programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do DF.

Mais uma vez, o Governo do Distrito Federal abre o diálogo com a sociedade civil organizada para que, em conjunto, possam encontrar soluções democráticas e garantir o direito de acessar políticas sociais e habitacionais, garantidas na constituição.

Lutar é preciso e dialogar para avançar é necessário.

__________
Publicidade

Tags:   · · · No Comments.

Luis Nassif: Celso de Melo, a leviandade de um decano

maio 28th, 2012 by mariafro
Respond

Celso de Melo, a leviandade de um decano

Por: em

27/05/2012

É inacreditável no que está se transformando o Supremo Tribunal Federal (STF).

De um decano da casa, de quem se esperaria um comportamento moderado, lê-se essa barbaridade: uma entrevista agressiva, toda ela focada em um fato que o próprio entrevistado admite não estar confirmado. “Se confirmada (a conduta de Lula)”… e passa a tecer toda sorte de considerações. Se Lula fosse presidente e se esses fatos tivessem ocorrido… Com essas elucubrações, Celso de Melo mergulha de cabeça no mais prosaico modelo de manipulação de raciocínios, a análise de hipóteses não comprovadas, comportamento indigno de um Ministro do STF.

Se confirmado que Celso de Melo assassinou sua mãe, ele seria um matricida; se confirmado que ele prevaricou, seria um prevaricador.  Onde se está? Que exemplo esses doutos senhores querem passar para a magistratura, para os juizes de todas as instâncias? Como aceita formular todos esses julgamentos em cima de hipóteses?

Depois dessas barbaridades, ainda fala em “posição de neutralidade”? Não se pensa na imagem do STF, na isenção que deve guardar, no fato de magistrados evitarem politizar posições ou apelar para passionalismos?

Para ler a entrevista a que Nassif faz referência clique aqui

Tags:   · · No Comments.