Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 4

MST: Agrotóxicos do agronegócio ceifam anualmente 400 mil vidas brasileiras

dezembro 11th, 2011 by mariafro
Respond

No balanço anual que o MST faz à sociedade civil, João Pedro Stédile fala sobre os riscos dos agrotóxicos que anualmente ceifam a vida de 400 mil brasileiros.



Os assentados do MST praticam a agroecologia, o resultado disso é respeito ao meio ambiente e  comida sem venenos em nossa mesa.

VEJA O ÁLBUM DO EVENTO DE ONTEM NO FACEBOOK
__________
Publicidade

Tags:   · · · · · · 4 Comments

Só pode ser piada: Serra tentou comprar o estoque de “Privataria tucana”

dezembro 10th, 2011 by mariafro
Respond

Segundo informações da editora em dois dias o livro de Amaury Ribeiro Jr. já vendeu 15 mil exemplares (isso é recorde absoluto nos padrões do mercado livresco brasileiro). E não houve nenhuma divulgação na velha mídia e sem jabá no Jô Soares ou jabá nas páginas amarelas da Veja. Vendeu 15 mil só com o barulho feito na blogosfera suja repercutido pelas redes sociais.

Pobre Serra, se tentou comprar os estoques vai só aumentar a venda de Privataria tucana.

Serra tenta comprar estoque de livro-bomba

Brasil 247

Ex-governador ligou para a loja da Livraria Cultura no Conjunto Nacional, em São Paulo, para reservar todo o estoque; o pedido foi negado, mas os 50 exemplares chegaram e foram vendidos na noite de sexta-feira

10 de Dezembro de 2011 às 18:47

247 - O ex-governador José Serra telefonou ontem à noite para a loja da Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, pedindo para reservar todos os 50 exemplares do livro “Privataria Tucana”, do jornalista Amaury Ribeiro Júnior, que tinham acabado de chegar. O pedido foi negado, segundo uma fonte da livraria que preferiu não se identificar. Mas os livros sumiram das prateleiras da loja mesmo assim. Foram todos comprados ontem mesmo. “O Serra ligou ontem à noite pedindo para reservar, porque ele iria comprar todos”, disse a fonte. “Foi ele mesmo quem ligou, mas nós não pudemos reservar. A gente quer vender o livro e parece que ele quer vetar a venda”.

A funcionária assinalou que é esperada a chegada de mais exemplares na segunda-feira, após as 14h, à loja da Avenida Paulista. Mas a disponibilidade do polêmico livro não é garantida, mesmo para quem ligar reservando, como muitos já estão fazendo, segundo ela. “Não é garantido que receberemos mais lotes, porque se ele (Serra) pedir para a editora não vender, também não receberemos mais.”

Na tarde de sábado, ainda havia alguns exemplares em outras lojas da rede, informou a vendedora. Mas eles não deveriam durar até o fim do dia. “O estoque está muito dinâmico, hoje de manhã vi 50 em outra de nossas lojas, e agora só restam 12″, assinalou.

Lançado ontem pela Geração Editorial, do jornalista Luiz Fernando Emediato, “Privataria Tucana” traz revelações importantes sobre a era das privatizações, expõe o tráfico de influência comandado por Serra e revela ainda como uma guerra interna no ninho tucano deu origem a toda essa história.

Ex-repórter do Estado de Minas, que tentava emplacar Aécio Neves como presidenciável, Amaury recebeu a encomenda de investigar a vida de José Serra. O resultado está nas 343 páginas do livro.

Tags: 7 Comments

Nem modelos atendem aos padrões de corpos que a publicidade deseja

dezembro 9th, 2011 by mariafro
Respond

[blackbirdpie url="https://twitter.com/#!/fabi2moraes/statuses/145207861654458370"]

Qual diferença que você vê entre essas mulheres:

H&M admite que maioria de suas modelos tem corpos gerados por computador, completamente virtuais

Tags: No Comments.

Como a mídia velha cobriu o lançamento do livro “Privataria Tucana”

dezembro 9th, 2011 by mariafro
Respond

Às 4 horas da manhã fiz uma pesquisa no Google com o nome do livro do Amaury Ribeiro Jr. “Privataria Tucana” entre aspas, deu 15.400 menções.
Acabei de refazer a pesquisa e veja o resultado: 17.400

Agora vejam a observação do jornalista Rodrigo Vianna no twitter:
[blackbirdpie url="http://twitter.com/rvianna/statuses/145201659595849730"]

Tags:   · · · 3 Comments