Não à terceirização

Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 5

Entries Tagged as 'falar coloquial'

Uma lista tarimbada de jornalistas, políticos e outros com déficit de letramento

junho 2nd, 2011 8 Comments

Como o professor Possenti já havia apontado neste artigo aqui, a falsa polêmica entre norma culta e falar coloquial só mostra o quanto a mídia institucional é analfabeta funcional: Não deixe de ler também no Portal do MEC uma seleção de artigos sobre a falsa polêmica. JORNALISTAS COM DÉFICIT DE LETRAMENTO Prof. Dr. Wedencley Alves […]

Tags:   · · · · · · · · · · · ·

UNDIME se posiciona diante da falsa polêmica entre norma culta e falar coloquial

junho 2nd, 2011 3 Comments

A nota traz algo bastante interessante, como temos uma mídia e uma oposição que não ouve nunca os professores. Posicionamento público PNLD/ EJA Autor: Undime (União Nacional dos Dirigente Municipais de Educação) Data: 30/5/2011 Educação de Jovens e Adultos e Programa Nacional do Livro Didático/ EJA A cada ano, nos meses de outubro, assistimos a campanhas […]

Tags:   · · · · · · · · ·

Sírio Possenti responde a Caetano Veloso ainda a falsa polêmica entre norma culta e falar coloquial

junho 2nd, 2011 4 Comments

Mais um excelente texto de Sírio Possenti sobre a falsa polêmica entre norma culta e falar coloquial Eppur, si muove Por: Sírio Possenti, no Terra Magazine 02/06/2011 Eppur… Freud disse que o homem sofreu três feridas em seu narcisismo: a descoberta de que a Terra (portanto, o homem) não está no centro do Universo, a […]

Tags:   · · · · · ·

Mais Sírio Possenti: Não, Folha de São Paulo, “o problema é bem mais em cima”

maio 19th, 2011 4 Comments

No twitter o artigo de hoje do linguista, Sírio Possenti, publicado em sua coluna no Terra Magazine e replicado aqui foi muito bem recebido, @marinamiyazaki lembrou de outro bom artigo do autor sobre o tema, reproduzo-o também. Variação e mudança Por: Sírio Possenti, no Terra Magazine 27/11/2008 A maioria absoluta dos brasileiros – talvez não só […]

Tags:   · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · ·