Para expressar a liberdade

Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 5

Entries Tagged as 'Incra'

O braço do Capital é o Judiciário: principal opositor da reforma agrária no Brasil

maio 18th, 2013 No Comments

O Poder Judiciário tem sido um dos principais opositores do processo de Reforma Agrária no Brasil Judiciário impede a desapropriação de 237 áreas e trava a Reforma Agrária Por José Coutinho Júnior, Da Página do MST 16/05/2013 O Poder Judiciário tem sido um dos principais opositores do processo de Reforma Agrária no Brasil. Além de autorizar […]

Tags:   · · ·

Não deixe Milton Santos se tornar um Pinheirinho II, mobilize-se, solidarize-se!

janeiro 17th, 2013 4 Comments

Alguém pode me explicar como é que um assentamento regularizado recebe ordem de despejo?  Alguém pode me explicar como é que a (IN)JUSTIÇA FEDERAL devolve um terreno que foi para a UNIÃO devido dívida de INSS?  A área do assentamento Milton Santos pertencia à família Abdalla e foi repassada, em 1976, ao INSS como forma […]

Tags:   · · · ·

Incra garante posse da terra a quilombo paulista

setembro 3rd, 2012 No Comments

Incra garante posse da terra a quilombo paulista GRASIELLE CASTRO, Correio Braziliense 03/09/2012 O termo de concessão de uso foi o primeiro assinado entre o poder público e uma comunidade de descendentes de escravos fugidos. Acordo dá esperança para outros quilombolas garantirem a propriedade das terras que ocupam, um direito previsto na Constituição Na lista […]

Tags:   · · · · · ·

Maurício Torres: ”O Código Florestal cria o caminho ‘legal’ para concluir a grilagem da terra”

julho 2nd, 2011 6 Comments

Não deixe de ler o excelente artigo do professor Carlos Walter Porto-Gonçalves: Brasil 2011: Cenas de Política Explícita e a recente matéria de Leandro Fortes sobre o recente aumento dos conflitos agrários no norte do país: Assassinatos decorrentes de conflitos agrários crescem no Pará, movimentos sociais acusam governo do PSDB de conivência e ainda sobre […]

Tags:   · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · · ·