Maria Frô - ativismo é por aqui

Maria Frô header image 4

Avanços recentes e riscos de retrocesso: assessores diretos de Marina e Aécio defendem ensino pago nas universidades públicas

agosto 29th, 2014 by mariafro
Respond

Avanços recentes e riscos de retrocesso: assessores diretos de Marina e Aécio defendem ensino pago nas universidades públicas

Por: Ignacio Godinho Delgado, especial para o Maria Frô

Na tabela abaixo aparecem os dados relativos à evolução dos gastos diretos do MEC de 2004 a 2013. Observa-se uma elevação de 337,55%, com incrementos anuais significativos, a exceção de 2009, ano seguinte ao da eclosão da crise econômica internacional. Tal desempenho permitiu um impulso significativo na ampliação de unidades acadêmicas, vagas docentes e discentes, bolsas de iniciação científica e de pós-graduação, além de outros programas de apoio ao ensino, pesquisa e extensão. Quem trabalha e estuda nas universidades públicas federais (pobre USP) sabe que este é o melhor momento de sua trajetória. Com as iniciativas tomadas nos últimos anos, o Brasil avança na criação de condições –  pelo menos na dimensão da oferta de recursos humanos e desenvolvimento da pesquisa básica -, para o salto tecnológico que nos permitiria deslindar a armadilha da renda média, na qual podem se enredar os países que completaram sua transição rural-urbana e não têm mais como valer-se do trabalho barato como vantagem competitiva. E o faz com o reforço do ensino superior público, garantindo, ao lado de outras políticas, crescente democratização do acesso. Se dependermos de Eduardo Giannetti e Samuel Pessoa, principais assessores econômicos de Marina Silva e Aécio Neves, tudo isto vai por água abaixo, como o revelam os links que se seguem à tabela.

Fonte: Portal da Transparência.  Acesso em 03/06/2014.

 Eduardo Giannetti e Samuel Pessôa defendem ensino pago na rede pública

Giannetti defendendo o ensino pago nas universidades

Assessor de economia de Marina Silva defende que aluno da Unicamp pague Mensalidade

Membro da Equipe de Aécio Neves defende privatização da Universidade Pública

Universidade paga 

*Ignacio José Godinho Delgado
Docente Colaborador do PPGCSO. Graduado em História pela Universidade Federal de Juiz de Fora (1981), mestre em Ciência Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (1989) e doutor em Sociologia e Política pela Universidade Federal de Minas Gerais (1999). Professor associado da Universidade Federal de Juiz de Fora, com experiência nas áreas de História e Ciência Política, publicou diversos estudos sobre os dilemas da cidadania e do desenvolvimento no mundo contemporâneo e no Brasil, especialmente a partir de 1930. Atua com os seguintes temas: empresariado, desenvolvimento, política industrial, política social, previdência social, cidadania, ações afirmativas, política e desenvolvimento em Minas Gerais. É membro do Comitê Gestor do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia-Políticas Públicas, Estratégias e Desenvolvimento (INCT-PPED).

Tags:   No Comments.

Apoiadores de Marina circulam vídeo falso na rede tentando surfar na popularidade de Lula e enganar eleitores

agosto 28th, 2014 by mariafro
Respond

Um vídeo manipulado de Lula circula nas redes como se esse apoiasse Marina.

Sabe o que esta apelação significa? O que afirmei em um post esta semana (Ao fim e ao cabo Lula e o PT são os atores centrais da política brasileira desde os anos 80), a política brasileira desde a década de 1980 gira em torno de Lula e o PT.

Chega a ser engraçado, pois no vídeo original, no áudio e legendas, Lula defende a candidatura de Marina Sant’Anna, concorrendo ao cargo de senadora de Goiás. Mas no vídeo falso, o áudio do termo Goiás é cortado, embora permaneça na legenda das imagens. Observem no print do vídeo manipulado abaixo:

Parece que os marineiros estão percebendo que a ‘educadora’ Neca Setubal (herdeira do Itaú), toda a mídia monopolizada, a elite econômica e anti-petistas não são capazes de eleger Marina, então trabalham com a manipulação para enganar eleitor desavisado e vão atrás do maior cabo eleitoral que qualquer candidato gostaria de ter: Luiz Inácio Lula da Siva.

Mas tirem o cavalinho da chuva, Lula é PT, Lula é Dilma Rousselff.

VÍDEO MANIPULADO TENTA ENGANAR ELEITORES

via Imprensa do PT

Um vídeo manipulado criminosamente, publicado na internet, sugere, enganosamente que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva esteja apoiando a candidata Marina Silva, do PSB. Na verdade, Lula apoia exclusivamente a candidata Dilma Rousseff. Editado de forma a ludibriar quem o assiste, o vídeo foi montado a partir de um vídeo original em que Lula pede votos para a candidata do PT ao Senado em Goiás, Marina Sant’Anna.

Assista aqui o vídeo verdadeiro em apoio à senadora Marina Sant’Anna:

O presidente do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, anunciou nesta quinta-feira (28) que a Campanha de Dilma Rousseff é movida por princípios éticos. “Queremos botar um freio, deter este tipo de campanha com a qual nos deparamos hoje, que é um vídeo grosseiramente fraudado e que infelizmente traz marca oficial da campanha de candidata do PSB e coligação”, afirmou Falcão. O presidente do PT deixou claro que “não estamos atribuindo a autoria deste vídeo fraudado a nenhum partido ou candidato”.

De acordo com Rui Falcão, a Campanha de Dilma Rousseff não difunde nas redes sociais informações inverídicas. “Não nos valemos de nenhum tipo de fraude, nenhum tipo de adulteração, nenhum tipo de indução a erro pelo eleitor e nem utilização de robôs e outras práticas que nós não consideramos éticas na Internet”.

Medidas adotadas
A coordenação da campanha de Dilma já solicitou ao YouTube a exclusão do vídeo (falso). O Departamento Jurídico da campanha também entrará com representação na Justiça Eleitoral, por propaganda eleitoral irregular que induz o eleitor a erro; apresentará representação junto ao Ministério Público Eleitoral para que seja instaurado inquérito criminal pela prática de falsidade ideológica de cunho eleitoral; e caso o vídeo não seja retirado do ar, proporá Ação Civil por violação de direito autoral e direito de imagem.

Com a representação, o Tribunal Superior Eleitoral poderá determinar a retirada de circulação da propaganda fraudada e o responsável por ela. Segundo Flávio Caetano, coordenador Jurídico da campanha, “Não temos como apontar quem é o responsável. Isso depende de uma investigação”.

Tags:   · · · · 2 Comments

Lindberg está tecnicamente empatado com Pezão e Crivella, mas Globo exclui candidato da possibilidade de disputar o segundo turno

agosto 28th, 2014 by mariafro
Respond

O comportamento dos institutos de pesquisa e da mídia monopolizada na disputa eleitoral do Rio de Janeiro lembra muito o quadro eleitoral de São Paulo nas eleições para prefeito de 2012, especialmente o comportamento da rede Globo em relação ao candidato Lindberg que coincidentemente disputa o cargo de governador do estado do Rio de Janeiro pelo PT, partido pelo qual também disputou Haddad para o cargo de prefeito de São Paulo em 2012.

Relembrando: durante praticamente toda a campanha eleitoral a mídia inflou a candidatura de Celso Russomano e José Serra e, ao final, dava Serra como favorito para vencer as eleições. Haddad aparecia sempre na lanterninha, acabou indo para o segundo turno disputando com Serra e foi eleito prefeito da capital paulista.

No Rio o comportamento é similar. Considerando que a pesquisa Ibope tem margem de erro de 3 pontos para mais ou para menos, podemos supor que se Pezão tem 18% das intenções de voto, Lindberg tem 12% e Crivella 16%, todos estão tecnicamente empatados.

Ao divulgar a pesquisa anterior (30/07), onde Garotinho tinha 21%, Pezão 15% e Crivella 16%, a Globo afirmou que tal situação configurava empate técnico. Ora, a distância que se configurava na pesquisa anterior entre os três candidatos (e mais precisamente entre Garotinho e Pezão) é a mesma que hoje se apresenta entre Pezão e Lindberg: 6 pontos. O que efetivamente mudou para que a Globo exclua Lindberg da possibilidade de disputar segundo turno em sua interpretação da pesquisa Ibope? Para Globo só estão tecnicamente empatados Crivella e Pezão,  excluindo do empate técnico o candidato petista, Lindberg Farias.

Até mesmo outros órgãos da mídia monopolizada leram os resultados da pesquisa Ibope, divulgados na terça-feira (26/08) como empate técnico na disputa pelo segundo lugar para a ida ao segundo turno. Qual o interesse da Globo em excluir tal informação dos eleitores fluminenses?

 

Tags: No Comments.

Não somos racistas, somos capitalistas e estamos nos lixando para luta do povo negro: Câmara de Rio Preto joga no lixo feriado do 20 de novembro

agosto 28th, 2014 by mariafro
Respond

Todos os dias jovens negros são assassinados, o racismo corre solto institucionalmente, nos supermercados, nas ruas, nas escolas, nas redes sociais.

A luta pelo reconhecimento do 20 de novembro, como um feriado para a discussão sobre o racismo, assim como levar para o panteão dos heróis nacionais uma referência da luta negra, como Zumbi dos Palmares, é histórica.

As crianças negras e brancas a despeito da 10639/03, a primeira lei que o então presidente Lula sancionou em seu primeiro mandato, ainda precisa se tornar realidade nas escolas. Um feriado dedicado a uma grande referência da negritude, conhecer a luta dos quilombos de resistência durante a escravidão não é algo menor, é de suma importância. Mas os 11 vereadores da direita de Rio Preto contra dois vereadores petistas (alô amigos do Movimento Negro que não vêem diferenças partidárias), atendendo apenas aos interesses do capital, derrubaram o feriado do 20 de novembro na cidade.

Não é a primeira vez que o Capital recorre para garantir seu privilégio de explorar trabalhadores (em sua maioria negros) inclusive em dias de luta. No ano passado STF e TJ fizeram este desfavor para os capitalistas e a reaçaria de Londrina e Curitiba, claro que sob batuta de Gilmar Mendes, que surpresa!

Vergonhoso. Só o que tenho a dizer a esses seres desprezíveis é isso: vergonhoso.

Espero que o movimento negro não apenas de Rio Preto, mas de todo o país e que todos os brancos solidários e comprometidos com a luta para extirparmos o racismo de nossas vidas se mobilizem, denunciem, pressionem estes energúmenos.

Vereadores derrubam feriado do Dia da Consciência Negra

Por: Vinícius Marques, Diário WEB

27/08/2014

Fábio Marcondes (PR), autor do projeto que em favor de comerciantes derrubou o feriado 20 de novembro em Rio Preto

A Câmara de Rio Preto(SP) aprovou ontem projeto de Fábio Marcondes (PR) que libera abertura do comércio no feriado do Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro. A aprovação da proposta veio após forte lobby de entidades comerciais e industriais que reclamaram de prejuízo com o feriado – o quarto num período de pouco mais de um mês.

Um dos argumentos das entidades de classe, como Acirp e Sincomércio, é que a cada feriado o comércio e a indústria de Rio Preto amargam prejuízo de R$ 24 milhões. O projeto de Marcondes “rebaixa” o feriado à condição de “ponto facultativo”, ou seja, comerciantes entendem que podem abrir sem ter de pagar hora extra aos funcionários. A folga valeria só para o serviço público.

A previsão é que a nova regra permita que cerca de 18 mil lojas e indústrias abram as portas em 20 de novembro. A nova lei já chega com incertezas jurídicas e promessas de protestos de líderes da comunidade negra. No ano passado, o comércio fechou as portas depois de frustradas tentativas de derrubar o feriado na Justiça.

A primeira ação foi rejeitada pela Justiça de Rio Preto. Já ação de inconstitucionalidade, proposta pela Prefeitura, foi julgada improcedente pelo Tribunal de Justiça, em São Paulo. A discussão jurídica sobre o caso agora vai ao Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. Na sessão, o assunto provocou embates. Tentativa de adiar a votação por uma semana foi descartada por sete votos contra seis.

Sem o adiamento, a lei de Marcondes foi aprovada por 11 votos a favor e apenas dois contra, de Alessandra Trigo e Celi Regina (PT). O projeto desconfigurou lei de Alessandra Trigo (PSDB), aprovada no ano passado. A vereadora criticou a iniciativa de Marcondes. “Existem países que têm 20 feriados por ano”, afirmou.

A presidente de Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto (Acirp), Adriana Neves, usou a tribuna livre para defender a aprovação do projeto.

“Defendemos que seja realizada uma grande mobilização da Semana da Consciência Negra. Podem ser feitas muitas atividades culturais na cidade, mas sem feriado”, afirmou. Representantes do Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) também acompanharam a votação de ontem. Para Olívia Justo, integrantes do Centro de Tradições Brasileiras, o projeto deveria ser barrado. “Precisamos de mudanças, de escolas. Esse ferido seria um dia de parar para pensar.

Não temos o que comemorar. Queremos um dia para briga, para reflexão”. Marcondes defendeu a liberação do comércio. “Não podemos nos furtar das nossas responsabilidades”, disse o autor do projeto. Dourival Lemes (PSD) também discursou em favor das entidades do comércio. “Esta Casa não votou contra a negritude. Tiramos um feriado que colocava em risco a economia de Rio Preto”, afirmou.

De acordo com o presidente da Câmara, Paulo Pauléra (PP), o prefeito Valdomiro Lopes (PSB) irá sancionar a lei e permitir a abertura do comércio. “Conversei pessoalmente com o prefeito hoje (ontem) e a lei será sancionada”. A assessoria de Valdomiro, porém, não confirma. Diz que a proposta seguirá para análise da Procuradoria Geraldo Município.

Tags:   · · · · 3 Comments