Pedro Urizzi: “FUI PRESO INJUSTAMENTE PELA PM NO DIA DA MARCHA CONTRA A CORRUPÇÃO”

Maria Frô
Por Maria Frô abril 22, 2012 23:49 Atualizado

Por sugestão de Marina Monteiro, relato do ator Pedro Urizzi sobre agressão que sofreu da polícia durante a marcha contra a corrupção:

Aqui o vídeo de sua prisão e a seguir o relato postado em seu perfil no facebook:

ONTEM FUI PRESO INJUSTAMENTE PELA PM NO DIA DA MARCHA CONTRA A CORRUPCAO.

Pedro Urizzi em seu Facebook

Sou eu nessa foto sendo preso injustamente! Estava a caminho de um jantar (por isso a garrafa de vinho), havia descido do ônibus, pois a Av. Paulista ainda estava interditada, comecei a caminhar em direção a brigadeiro, quando passo em frente ao MASP vejo a manifestação contra a CORRUPÇÃO, fiquei alguns minutos a observar de longe a marcha, minutos depois grande parte das pessoas foram dispersadas pela PM com o uso de força bruta, gás lacrimogêneo, bala de borracha e etc. Após o primeiro confronto continuo em direção a brigadeiro, levando meu vinho e escutando musica, mas uma cena me marcou muito, vi um policial com um saco de bombas ele caminhava junto com sua equipe ate um grupo de pessoas que estavam na calcada, ali observei que havia crianças também! Então corri ate a ilha de cimento que fica na frente do MASP e comecei a berrar: – “Tem criança ali, não joga não joga, tem criança”. Depois de poucos minutos o mesmo policial me abordou agressivamente, me segurou pelo colarinho e alegou que eu o xinguei, ele me xingou algumas vezes e continuou a me segurar pelo colarinho e a me chacoalhar, enquanto isso outro policial veio e me agrediu com um cassetete no braço, me deram voz de prisão e bruscamente torceram meu braço esquerdo e me seguraram pela nuca, em nenhum momentos os policiais pediram meus documentos ou respeitaram meus direitos. Fui detido por livre decisão da PM sem motivo e de uma maneira humilhante. Jogaram-me no chão com força e me algemaram com as mãos para trás, apertaram bem forte a algema da minha mao direita (por enquanto não consigo escrever a caneta, não sei como vou dar aula na segunda). Fui colocado no camburão, em nenhum momento nenhum policial militar ou oficial superior interveio ou me deram alguma explicação, e muito menos respeitaram meus direitos, fui detido como um criminoso perigoso, ou quem sabe um dia como um político corrupto. Meus direitos foram jogados a esmo pela Policia Militar do Estado de São Paulo. Depois de entrar no camburão fiquei muito nervoso e incerto do que iria acontecer, só consegui ficar tranqüilo quando me entregaram a Policia Civil no 8º DP, la pela primeira vez meus direitos foram respeitados, o delegado mandou retirar as algemas, me deram água e fui depor, fiz minhas ligações, dois amigos foram ate a DP, depois fui ao IML para fazer corpo delito pois fui agredido pela PM, tenho escoriações leves no ombro, joelho e meu pulso direito esta bem machucado, mas a dor física não me incomoda, essa passa, mas e a dor da humilhação? A dor da alma, sabe? De não poder fazer NADA, se sentir sem direito algum, de ser tratado como um criminoso, o dia 21 de abril de 2012 vai fica pra sempre na minha memória, mas não me arrependo de nada! Imagine as atrocidades que não acontecem na Cidade de São Paulo, quantas pessoas sem vozes existem? Quantas injustiças? Vou processar a PM e o Estado de São Paulo, fui agredido e humilhado pelo Governo que EU e VOCÊ sustentamos com os nossos impostos!
Mas o Brasil mudou, há 40 anos meu pai foi preso político, ficou seis anos em exílio político, na época ele foi torturado e perdeu onze dentes. Evoluímos, dessa vez não perdi os dentes e nem sumiram comigo, tive “apenas” escoriações, o punho machucado e a negação dos meus direitos. O que mudou como tudo isso? Que a Policia Militar é totalmente despreparada, a Policia Militar não foi criada para proteger os cidadãos, não se pode de maneira alguma confiar na Policia Militar e que o Brasil precisa caminhar muito, mas muito mesmo para deixar para trás os fantasmas da ditadura militar que ainda irrigam nossa política de segurança publica. Ontem fui preso injustamente, e os políticos corruptos que estão à solta, hein?!
Pedro Urizzi 22 de abril de 2012, São Paulo. Brasil.

Veja também:

Genro: A luta contra a corrupção deve ser da esquerda

Ao menos em Goiânia, os eleitores não se esqueceram de corruptos tucanos

Fora Marconi Perillo

Nunca uma imagem disse tanto: Marcha contra a corrupção ou #vassourinhasjanistasdetect

Jean Fabio: A Globo não quis filmar meu cartaz na Marcha contra a corrução, por que será?

150ct WorldRevolution

Minha homenagem aos que marcharam hoje

Amarribo Brasil responde ao comentário de Stanley Burburinho

E pra os que negam o caráter partidário da ‘marcha contra a corrupção’…

Flávio Gomes em 2007 sobre o ‘Cansei’: ‘Discurso dos leitores da “Veja”, desse, cansei eu’

Cansei e Neocansei: “diga-me com quem marchas que te direi quem és”

André Lucato fala sobre a ONG Amarribo e a “Marcha contra a Corrupção”

Amarribo Brasil responde ao comentário de Stanley Burburinho

Curso Básico de Jornalismo Manipulativo: Para Entender a Marcha contra a Corrupção

A primavera ‘apartidária’ do PIG não vingou

Anonynus responde à revista Veja

“Que as marchas façam alusão corajosa aos corruptores da iniciativa privada, aos sonegadores…

Maringoni: Os limites da campanha contra a corrupção

Humor: Aos meus amigos neocansados

“No Brasil, desde o “Cansei!”, a imprensa tenta dar alguma credibilidade a manifestações esparsas contra a corrupção”

Comentários

Comentários

Maria Frô
Por Maria Frô abril 22, 2012 23:49 Atualizado
Escrever um comentário

4 Comentários

  1. Victor Farinelli abril 22, 23:58

    Vou repetir algo que já disse em outros tópicos, mas que penso que vale a pena repetir, porque é algo que precisa mudar urgentemente: a polícia paulista mantém uma lógica dos tempos da ditadura, de ver em todo cidadão um inimigo.

    Reply to this comment
  2. raquel abril 23, 08:50

    Esse rapaz tem que processar o Estado de São Paulo e levar até as últimas consequências, tem que levar isso até a Corte Interamericana.

    Reply to this comment
Visualizar Comentários

Escrever um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios estão marcados com*

ajude a manter o Maria Frô!

BANCO: CEF, nº 104
AGÊNCIA:  4138
OP: 013 (para depósitos feito entre a própria CEF)
CONTA : 24110-9

Fórum Semanal

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Seja amigo do Barão

Seja amigo do Barão

Posts

abril 2012
D S T Q Q S S
« mar   mai »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930